quarta-feira, 23 de setembro de 2009

ROBERT CASTEL - SOCIÓLOGO


 
(23/09/2009 - 22:00)
 

Roda Viva grava nesta noite um programa com o sociólogo francês Robert Castel, que acompanha as mudanças no mundo globalizado nos últimos 30 anos. Seus estudos e ensaios compõem uma ampla análise sobre o que mudou nas relações trabalhistas e nos efeitos da nova realidade do mercado de trabalho nas relações sociais de hoje.
Para enviar a sua pergunta, favor visitar o site do programa: www.tvcultura.com.br/rodaviva
 
A gravação terá transmissão ao vivo pela Internet, com som original, a partir das 22:00.
 
(Encaminhado por Nair Lúcia de Britto - Jornalista}


Novo Internet Explorer 8: mais rápido e muito mais seguro. Baixe agora, é grátis!

Ano da França no Brasil apresenta espetáculo de dança em São Luís


 

Ano da França no Brasil apresenta espetáculo de dança em São Luís
Companhias de teatro francesa e maranhense se unem para apresentar "Meia Lua" na capital do Maranhão
 
Criado especialmente para o Ano da França no Brasil, o espetáculo "Meia Lua" iniciou sua turnê mundial no dia 22 de setembro, em São Luís (MA), com uma apresentação emocionante. O palco foi o Teatro Artur Azevedo, onde três artistas franceses e cinco maranhenses mostraram um espetáculo híbrido, que une dois estilos musicais para retratar cenas urbanas do universo do homem comum.
 
O cenário tem apenas a lua e as estrelas e os ritmos é o hip hop, para mostrar a correria e os encontros e desencontros do cotidiano, onde todos compartilham sentimentos de contemplação da lua e seus mistérios. Tudo isso numa coreografia onde os artistas em alguns momentos parecem brincar com a gravidade, através de movimentos expressivos, mas leves.
 
A diretora da Aliança Francesa no Maranhão, Émilie Jacament lembra que o espetáculo resulta de um envolvimento que já dura 15 anos entre a companhia francesa Malka e os artistas brasileiros. "É uma intensa parceria onde a dança quebra barreiras e ultrapassa fronteiras. 'Meia Lua' é uma criação mista que simboliza bem o objetivo do ano da França no Brasil", afirmou.
 
O adido de Cooperação para a Língua Francesa no Nordeste, Denis Roy, ressaltou as parcerias envolvidas no evento. "Todos estão ganhando. Os espetáculos que estamos apresentando em todo o País mostram que é muito enriquecedor aproximar as culturas francesa e brasileira e, até o final do ano, outros eventos artísticos devem reforçar ainda mais esta relação".
 
O diretor do Teatro Artur Azevedo, Roberto Brandão, destacou a oportunidade de aprendizado para os artistas maranhenses. "Eles agora vão ganhar o mundo, se apresentar em palcos internacionais, graças a essa experiência com os franceses", disse. Após a turnê no Brasil, o espetáculo segue para a França, onde será apresentado em diversas cidades.
 
"Meia Lua" tem direção artística de Bouba Landrille Tchouda e dramaturgia de Guy Bolly que se uniram à companhia maranhense Arte e Rua emprestando técnica à desenvoltura dos artistas locais. O resultado agradou ao público e arrancou aplausos do público, como a comerciária Elza de Matos Brandão. "Foi bonito assistir a um espetáculo movimentado que valoriza o hip hop", avaliou Elza. Já a farmacêutica Ivone de Almeida Barros avaliou que programação do Ano da França no Brasil "está atualizando e trazendo novas linguagens aos bens culturais dos dois países".
 
O espetáculo conta com o apoio da Aliança Francesa de São Luís, da Região Rhône-Alpes, do Ministério da Cultura e Comunicação da França, da CulturesFrance, do governo do Maranhão e Secretaria de Cultura do Estado do Maranhão.
 
Os patrocinadores do Ano da França no Brasil ( http://anodafrancanobrasil.cultura.gov.br/) são:
 
Comitê dos patrocinadores franceses:
Accor, Air France, Alstom, Areva, Caixa Seguros, CNP Assurance, Câmara de Comércio França-Brasil, Dassault, DCNS, EADS, GDF SUEZ, Lafarge, PSAPeugeot Citroën, Renault, Saint -Gobain, Safran, Thales, Vallourec.

Patrocinadores brasileiros:
Banco Fidis, Banco Itaú, Bradesco, BNDES, Caixa Econômica Federal, Centro Cultural Banco do Brasil, Correios, Eletrobrás, Fiat, Gol, Grupo Pão de Açúcar, Infraero, Oi, Petrobras, Santander, Serpro.

Parceria e realização:
TV5, Ubifrance, Aliança Francesa, CulturesFrance, Republique Française,TV Brasil, Ministério das Relações Exteriores, Ministério da Cultura, Governo Federal do Brasil, SESC, SESC SP. 
 
 
 
L'Année de la France au Brésil présente un spectacle de danse à São Luís
Des compagnies de théâtre français et du Maranhão se joignent pour présenter « Meia Lua » dans la capital du Maranhão
 
Créé spécialement pour l'Année de la France au Brésil, le spectacle « Meia Lua » a ouvert a eu sa première de la tournée mondiale le 22 septembre, à São Luís, avec une présentation passionnante. La scène a été le Théâtre Arthur Azevedo, où trois artistes français et cinq du Maranhão ont montré un spectacle hybride, qui joint deux styles musicaux pour faire le portrait des scènes urbaines de l'univers de l'homme commun.
 
Le scénario a seulement la lune et les étoiles et le rythme est le hip hop, pour montrer folie et les rencontres et  désaccords du quotidien, où tous partagent des sentiments de contemplation de la lune et ses mystères. Tout cela dans une chorégraphie où les artistes semblent parfois jouer avec la gravité, à travers des mouvements expressifs, mais légers.
 
La directrice de l'Alliance Française au Maranhão, Emilie Jacament , a remarqué que le spectacle résulte d'un engagement qui a déjà 15 ans entre la compagnie française Malka et les artistes brésiliens. « C'est un intense partenariat où la danse faillite barrières et dépasse des frontières. 'Meia Lua' est une création mélangée qui symbolise bien l'objectif de l'Année de la France au Brésil », affirme Émile.
 
L'attaché de Coopération pour la Langue Française au Nord-est, Denis Roy, a souligné les partenariats crées par l'évènement. « Tous gagnent. Les spectacles que nous présentons partout le pays montrent qu'il est très gratifiant d'approcher les cultures française et brésilienne et jusqu'à la fin de l'année autres événements artistiques doivent renforcer encore davantage cette relation ».
 
Le directeur du Théâtre Arthur Azevedo,Roberto Brandão, a remarqué l'opportunité d'apprentissage pour les artistes du Maranhão. « Maintenant ils vont gagner le monde, se présenter dans la scène internationale, grâce à cette expérience avec les Français », a-t-il dit. Après la tournée au Brésil, le spectacle suit pour la France, où il sera présenté en plusieurs villes.
 
« Meia Lua » a direction artistique de Bouba Landrille Tchouda et dramaturgie de Guy Bolly, qui se sont jointes à la compagnie du Maranhão Arte e Rua en offrant technique à l'agilité des artistes locales. Le résultat a satisfait le public et a arraché des applaudissements du public, comme l'employée commercial Elza de Matos Brandão. « Ce fut agréable d'assister à un spectacle mouvementé qui valorise le hip hop », a-t-elle dit. La pharmacienne Ivone de Almeida Argiles, par son tour, a évalué que la programmation de l'Année de la France au Brésil « modernise et apporte de nouvelles langues aux biens culturels des deux pays».
 
Le spectacle a le soutien de l'Alliance Française de São Luís, la Région Rhône-Alpes, le Ministére Français de la Culture et Communication, la CulturesFrance, le gouvernement du Maranhão et le Secrétariat de Culture du Maranhão.     
 
Les mécènes de l´Année de la France au Brésil (http://anodafrancanobrasil.cultura.gov.br/) sont:
 
Comité des mécènes français:
Accor, Air France, Alstom, Areva, Caixa Seguros, CNP Assurance, Câmara de ComércioFrança-Brasil, Dassault, DCNS, EADS, GDF SUEZ, Lafarge, PSA Peugeot Citroën, Renault, Saint-Gobain, Safran, Thales, Vallourec.
 
Mécènes brésiliens:
Banco Fidis, Banco Itaú, Bradesco, BNDES, Caixa (Econômica Federal), Centro Cultural Banco do Brasil, Correios, Eletrobrás, Fiat, Gol, Grupo Pão de Açúcar, Infraero, Oi, Petrobras, Santander, Serpro.
 
Operateurs et partenaires:
TV5, Ubifrance, Aliança Francesa, Culturesfrance, Republique Française, TVBrasil, Ministério das Relações Exteriores, Ministério da Cultura, Governo Federal do Brasil, SESC, SESC SP.
 

terça-feira, 22 de setembro de 2009

I Foro Iberoamericano de Comunicação e Divulgação Científica



Evento internacional acontece na Unicamp, de 23 a 25 de novembro.
Resumos devem ser enviados até 30 de setembro.


A Organização de Estados Iberoamericanos para a Educação, Ciência e
Cultura (OEI), a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o
Desenvolvimento (AECID), a Fundação Espanhol para a Ciência e Tecnologia
(Fecyt), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o Conselho
Superior de Pesquisas Científica da Espanha (CSIC) e o Instituto ECYT da
Universidade de Salamanca convocam para a primeira edição do Foro
Iberoamericano de Comunicação e Divulgação Científica, que acontecerá no
campus da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de 23 a 25 de
novembro de 2009.


O Foro tratará de questões teóricas, práticas e metodológicas
relacionados com a comunicação e a divulgação científica no âmbito do
Espaço Iberoamericano do Conhecimento. Os interessados podem submeter
trabalhos em três eixos temáticos: Eixo 1. Comunicação científica; Eixo
2. Divulgação e informação científica e Eixo 3. Participação pública em
Ciência e Tecnologia. Os resumos dos trabalhos podem ser enviados por
email, em espanhol ou português, até o dia 30 de setembro. As normas de
apresentação podem ser conferidas no site oficial do evento:
http://www.oei.es/forocampinas/. As notificações de aceitações de
trabalhos serão disponibilizadas no site do Foro até o dia 15 de
outubro.


Os interessados podem fazer sua inscrição com valor reduzido, US$100,
até o dia 31 de outubro. Depois disso, a taxa é de US$200. Estudantes
têm 50% de desconto, pagando US$50 na inscrição feita até 31 de outubro
e US$100 depois desta data. As inscrições devem ser feitas pelo site
http://www.oei.es/forocampinas/.


Além da apresentação dos trabalhos aprovados, o I Foro Iberoamericano de
Comunicação e divulgação científica realizará também uma série de
reuniões e apresentações das instituições organizadoras. Também estão
programadas algumas atividades culturais, que deve incluir exposições e
mostras de filmes ligados à comunicação e divulgação científica.



I Foro Iberoamericano de Comunicação e divulgação científica

Quando: de 23 a 25 de novembro

Onde: Unicamp - Campinas (SP)

Submissão de trabalhos: até 30 de setembro.

Notificação de aceitação dos trabalhos: até 15 de outubro

Inscrições: até 31 de outubro (com valor reduzido).

Informações:
http://www.oei.es/forocampinas/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

33ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

 
Confira convidados e filmes já definidos para a 33ª edição do festival 
 

De 23 de outubro a 05 de novembro, a capital paulista abrigará a trigésima terceira edição da Mostra Internacional de Cinema.

 

A arte do pôster do festival tem a assinatura de Otávio e Gustavo Pandolfo, dupla de grafiteiros conhecida internacionalmente como Os Gêmeos. Expoentes da street art, os irmãos ficaram famosos ao pintarem espaços públicos e serem convidados a mostrarem sua arte no museu Tate Modern de Londres. O grafite e as pichações são temas de filmes exibidos na Mostra esse ano, como o polêmico alemão ‘Art Inconsequence’ e o brasileiro ‘Pixo’.

Uma das convidadas especiais da Mostra será a diva do cinema francês Fanny Ardant, que apresentará seu primeiro filme como realizadora, ‘Cinzas e Sangue’ (Cendres et Sang). Dentro da programação de filmes, o público poderá rever alguns clássicos estrelados por Ardant, como ‘A Mulher do Lado’, ‘Crimes de Autor’, ‘De Repente, num Domingo’ e ‘O Jantar’.

 

O premiado diretor grego Theo Angelopoulos ganhará uma retrospectiva e está entre os convidados da Mostra esse ano. Seu filme mais recente, ‘The Dust Of Time’ (I Skoni Tou Hronou), com Willem Dafoe e Michel Picolli, será um dos destaques da programação.

Imagens delirantes foram recuperadas para a alegria de espectadores e cinéfilos, que poderão assistir à versão restaurada de ‘Inferno’, clássico de 1964 com Romy Schneider, dirigido por Henri-Georges Clouzot.

 

O cinema sueco terá uma mostra especial, com filmes que representam várias épocas desta cinematografia única. O público terá a oportunidade de conhecer o trabalho de Hasse Ekman, diretor contemporâneo de Ingmar Bergman, frequentemente citado em publicações sobre cinema em todo o mundo como um dos grandes de seu tempo. O diretor indicado ao Oscar® Jan Troell, (cujo filme ‘Il Capitano’ ganhou o Urso de Prata no Festival de Berlim/1991) também terá filmes dentro do programa.

A 33ª Mostra ainda contará com a revisão da obra do diretor e produtor italiano Gian Vittorio Baldi, que trabalhou com diretores como Pier Paolo Pasolini e Alain Resnais.

 

Dentre a seleção oficial da Mostra para 2009 estão o vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes – ‘A Fita Branca’, de Michael Haneke e o ganhador do Prêmio Especial do Júri do Sundance Film Festival – ‘Humpday’, de Lynn Shelton. O vencedor do Camera D’Or 2009 do Festival de Cannes, ‘Sanson & Delilah’ e ‘London River’, vencedor do Urso de Prata de Melhor Ator (Sotigui Kowjaté) no Festival de Berlim, também estão entre os selecionados.

 

A abertura oficial da Mostra será realizada mais uma vez no Auditório Ibirapuera, e terá a exibição de ‘À Procura de Eric’ (Looking for Eric), de Ken Loach, indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes. Outros diretores que terão filmes exibidos na programação deste ano são Wes Anderson, com sua primeira animação, ‘O Fantástico Sr. Raposo’ (Fantastic Mr. Fox), Mark Webb, com ‘500 Dias com Ela’ (500 Days of Summer) e Ang Lee, com ‘Aconteceu em Woodstock’ (Taking Woodstock). A produção de terror sobre zumbis ‘Colin’, do diretor Mark Price – sensação em Cannes por seu budget ter sido de apenas US$ 70, também tem exibição confirmada.

 

Em 2009 a Mostra teve um número recorde de inscrições para a Mostra Competitiva, com mais de 700 filmes. As salas exibidoras que compõem o circuito este ano são:

Unibanco Arteplex

Cine Bombril 

Cine Olido

Espaço Unibanco Pompéia

Espaço Unibanco Augusta

Cinema da Vila

CineSesc

FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado

Cinemateca – salas BNDS e Petrobrás

HSBC Belas Artes

CCSP Centro Cultural São Paulo

Reserva Cultural

Cine TAM Morumbi

MASP – Vão Livre

Cine Marabá

MIS – Museu da Imagem e do Som

Os filmes brasileiros com exibição confirmada para a 33ª Mostra de Cinema em São Paulo até o momento são:

PIXO, de João Wainer, Roberto T. Oliveira

A CASA DE SANDRO, de Gustavo Beck

À MARGEM DO LIXO, de Evaldo Mocarzel

BR3 (FICÇÃO), de Evaldo Mocarzel

BR3 (DOCUMENTÁRIO), de Evaldo Mocarzel

JANTAR EM FAMÍLIA, de João Villela

SOL NA NEBLINA, de Werner Schumann

INSOLAÇÃO, de Felipe Hirsch, Daniela Thomas

O SONHO BOLLYWOODIANO, de Beatriz Seigner

SEQUESTRO, de Wolney Atalla

UM DIA DE ONTEM, de Thiago Luciano, Beto Schultz

NATIMORTO, de Paulo Machline

UM HOMEM QUALQUER, de Caio Vecchio

OS INQUILINOS, de Sergio Bianchi

CABEÇA A PRÊMIO, de Marco Ricca

REIDY, A CONSTRUÇAO DA UTOPIA, de Ana Maria Magalhães

HOTEL ATLÂNTICO, de Suzana Amaral

O SOL DO MEIO DIA, de Eliane Caffé

SOLO, de Ugo Giorgetti

27 CENAS SOBRE JORGEN LETH, de Amir Labaki

O AMOR SEGUNDO B. SCHIANBERG, de Beto Brant

ALÔ, ALÔ, TEREZINHA!, de Nelson Hoineff

CARO FRANCIS, de Nelson Hoineff

VIAJO PORQUE PRECISO, VOLTO PORQUE TE AMO, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes

 

 

sábado, 19 de setembro de 2009

MARINA SILVA

 
MARINA SILVA, filha de nordestinos que foram colonizar a Amazônia, Marina Silva nasceu no Acre e desde cedo trabalhou como lavradora. Em Rio Branco, trabalhou como doméstica, se alfabetizou pelo Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização, criado pelo governo federal em 1967, para alfabetização de adultos) e formou-se em história aos 26 anos.

Em 1988 Marina Silva elegeu-se vereadora de Rio Branco, pelo Partido dos Trabalhadores. Em 90 foi deputada estadual e em 95 elegeu-se senadora, sendo reeleita em 2003.

Com a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marina Silva assumiu o Ministério do Meio Ambiente, onde ficou até maio do ano passado, quando deixou o cargo após atritos com outros integrantes do Governo.

No mês passado ela deixou o Partido dos Trabalhadores, onde permaneceu por quase 30 anos para se filiar ao PV.

Marina Silva é uma ambientalista premiada e reconhecida pela Organização das Nações Unidas.

Participam como convidados entrevistadores:
Lourival Sant'Anna, repórter especial do jornal O Estado de S. Paulo; Eleonora de Lucena, editora-executiva do jornal Folha de S. Paulo; Denise Rothenburg, colunista de política do jornal Correio Braziliense e Paulo Moreira Leite, diretor da sucursal em Brasília da revista Época.
Twitters no estúdio: Alexandre de Oliveira Saconi, jornalista (http://twitter.com/Saconi); Lucia Freitas, jornalista (http://twitter.com/lufreitas) e Davi Rocha, jornalista (http://twitter.com/davirocha).
Fotógrafo convidado: Victor Bonomi, consultor de segurança da informação (www.flickr.com/vbonomi).

Apresentação: Heródoto Barbeiro


Transmissão ao vivo pela Internet a partir das 18:00.


O Roda Viva é apresentado às segundas a partir das 22h10.
Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva
 
Encaminhado por NAIR LÚCIA DE BRITTO - Jornalista.


Você sabia que pode utilizar o Messenger de qualquer tipo de celular? Saiba mais.

''UM HOMEM QUALQUER''...



É isso mesmo! O novo filme"UM HOMEM QUALQUER",estrelado por Eriberto Leão, Nanda Costa e Carlos Vereza já está em fase de finalização.

"Será que Jesus Cristo concordaria com a Igreja?" . É apenas uma das várias questões polêmicas que o filme "Um Homem Qualquer"  quer abordar.




Segundo informações à Imprensa, o roteiro do longa-metragem é de Caio Vecchio e estrelado por Eriberto Leão, Nanda Costa e Carlos Vereza. Espera-se muita polêmica, principalmente sob o ponto de vista religioso.

"Um Homem Qualquer" fala da trajetória de Jonas (Eriberto Leão), um rapaz angustiado com a falta de emprego e de afeto. No seu desespero, ele começa a considerar a idéia de entrar para o mundo do crime para resolver seus problemas. Mas sua namorada Lia (Nanda Costa) não concorda com ele e ameaça abandoná-lo caso ele prossiga com essa idéia aviltante. 
O ex-psiquiatra (Carlos Vereza), que se tornou morador de rua, pode oferecer alguma luz para esclarecer a respeito dos pesadelos que afligem Jonas e Lia.

O diretor e roteirista Caio Vecchio  define o filme como "uma tragicomédia metropolitana".  Para elaborar o roteiro, Vecchio pesquisou antigos textos Sumérios e Babilônios, que deram origem a alguns dos capítulos do nosso Antigo Testamento, como o pecado original e o dilúvio. Também entrou em contato com Evangelhos Apócrifos que a Igreja oficial preferiu excluir da Bíblia e mantê-los em sigilo. Com certeza, o resultado será cercado de muita reflexão e polêmica.
A presença do brilhante ator Carlos Vereza já mostra a qualidade do filme, ao lado de outros talentos brasileiros. 

"Um Homem Qualquer" tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros no primeiro semestre de 2010. Acesse mais informações em www.encruzilhadafilmes.com.br/blog
E veja o Press Book completo em anexo.









                                         NAIR LÚCIA DE BRITTO 




Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

"Homens de Papel" de Plínio Marcos - Imagem

 
 

"Reestréia de 'HOMENS DE PAPEL' homenageia o grande autor brasileiro PLÍNIO MARCOS nos 10 anos de sua morte

 

HOMENS DE PAPEL de Plínio Marcos

Direção: Sérgio Audi

 

Teatro Coletivowww.teatrocoletivo.com.br

Rua da Consolação, 1623 - Tel. 3255 5922

De 12 de Setembro á 30 de Novembro de 2009

Sábados às 19h e Domingos às 18h - Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Duração: 85 minutos - Faixa etária recomendada: 14 anos – Acesso: Universal

Apoio: O AUTOR NA PRAÇA

 

ELENCO: Bruna Aragão, Carlos Landucci, Dênete Reis, Fernanda Assef, Mônica Raphael, Nélson Peres, Rodrigo Soller, Rodrigo Valim, Sérgio Audi, Sílvia Garcia e Thiago Barros.

 

SINOPSE: A peça mostra a rotina de um grupo de catadores de papel que, revoltados com a exploração do comprador de papel, querem paralisar a coleta. Mas chega à comunidade um casal com uma filha doente. Os novatos, ainda alheios à realidade do grupo, querem trabalhar duro para juntar dinheiro e levar a filha ao médico. Uma história de luta e sobrevivência, da exploração do homem pelo homem em que os acontecimentos trágicos e comuns ultrapassam a esfera social a que se referem.

 

FICHA TÉCNICA:

Dramaturgia: Plínio Marcos

Direção: Sérgio Audi

Produção Executiva: Bruna Aragão e Fernanda Assef

Fotos: Euler Paixão

Estacionamento conveniado (R$ 8,00): Rua da Consolação, 1681

SHOW - BERNHARD GAL - SESC AVENIDA PAULISTA

 


[]


Flanoir

A exposição "Flanoir ", com curadoria de Aline Stürmer , e fotografia de
Renan Rosa, fica em cartaz até final de setembro na sede da Cia Club Noir. O
café teatro, com decoração moderna e refinada, é voltado a dramaturgia
contemporânea, artes visuais e apresentações de jazz.
"Flanoir" é uma síntese da obra do fotógrafo, e faz parte da programação da
casa durante a temporada da peça "Comunicação a uma Academia", com texto
adaptado de Franz Kafka, direção de Roberto Alvim, e atuação de Juliana
Galdino (indicação de melhor atriz do prêmio Shell 2009).

Club Noir: R. Augusta, 331 - Consolação - Centro, São Paulo
telefone: (11) 3257-8129 /3255- 8448

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Caixa Cênica - 15/09 - 19hs

 
 

 

DAVID GROSSMAN - RODA VIVA (Gravação)


 David Grossman é escritor. 

 

Cresceu junto com o Estado de Israel. Ele nasceu em Jerusalém, em 1954, no recém criado país e estudou filosofia e teatro na Universidade de Hebron e trabalhou como radialista.

 

Ele tem mais de 20 livros publicados de ficção e não-ficção - muitos infanto-juvenis, e é considerado um dos grandes autores da primeira geração de escritores israelenses nascidos no país. Todos os escritores anteriores eram considerados imigrantes, por terem nascido antes da criação do Estado de Israel.

 

 

Para enviar a sua perguntar, favor visitar o site do programa: www.tvcultura.com.br/rodaviva

 

 

(Encaminhado por Nair Lúcia de Britto - Jornalista) 



Navegue com segurança com o Novo Internet Explorer 8. Baixe agora, é gratis!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Mostra de Turismo de Base Comunitária na Adventure Sports Fair

 

Mostra de Turismo de Base Comunitária na Adventure Sports Fair

 

Ações junto às comunidades pretendem estimular o desenvolvimento com geração de emprego e de renda no país

 

Brasília (09/09/09) O Ministério do Turismo (MTur), por meio dos Departamentos de Qualificação e Certificação e de Produção Associada ao Turismo, lança a Mostra de Turismo de Base Comunitária. O lançamento acontece durante a 11ª edição da Adventure Sports Fair, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP), entre os dias 10 e 13 de setembro. A mostra apresenta o resultado de 50 propostas de trabalho selecionadas em 2008 e que receberam investimentos de R$ 7,5 milhões do MTur.

 

O Turismo de Base Comunitária é uma das ações do Ministério do Turismo para estimular o desenvolvimento da atividade e a geração de emprego e de renda no país. Essa iniciativa permite que as comunidades locais assumam a gestão e a oferta de produtos e serviços turísticos.

 

Um dos exemplos de iniciativas turísticas de base comunitária é a da ONG Morrinho, do Rio de Janeiro. O Projeto Morrinho esteve presente no 4º Salão do Turismo, em julho deste ano. No evento, houve uma exposição dos trabalhos da ONG e de uma maquete que reproduz as favelas cariocas. A maquete acabou se transformando em um atrativo turístico e em motivo de orgulho para a comunidade.

 

A Mostra de Turismo de Base Comunitária pode ser visitada na quinta e na sexta-feira, das 14h às 22h. No sábado, das 12h às 22h, e no domingo das 12h às 20h.

AMOR EM 5 TEMPOS

SESSÃO CINÉFILA EXIBE "AMOR EM 5 TEMPOS", DE FRANÇOIS OZON

Uma história de amor contada de trás para frente. Este é o diferencial do filme francês "Amor em 5 Tempos" que será exibido dia 12 de setembro, sábado, na sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema da Rua Augusta.

 

O relacionamento de Marion (Valeria Bruni Tedeschi) e Gilles (Stéphanie Freiss) começa sendo narrado do divórcio do casal até o dia em que eles se conheceram.

 

A sessão começa às 12 horas e os ingressos custam R$ 5,00. O Espaço Unibanco de Cinema fica na Rua Augusta, 1475.

 

A Sessão Cinéfila acontece sempre aos sábados, às 12 horas, trazendo para os amantes da sétima arte filmes pouco encontrados no circuito comercial ou produções que foram importantes para a história do cinema.

 

 

Dia 12/09 às 12 horas – Sala 3 do Espaço Unibanco de Cinema

 

 

Amor em 5 Tempos (5x2)

 

Direção: François Ozon

França, 2004, Romance, 90 min, 16 anos

Elenco: Valeria Bruni Tedeschi,  Françoise Fabian, Eliane Kherris,  Yannis Belkacem , Jean Neisser , Jason Tavassoli,  Marc Ruchmann,  Michael Lonsdale, Antoine Chappey, Geraldine Pailhas, Stephane Freiss

Sinopse: Cinco momentos cruciais da vida de Gilles e Marion revelam a complexidade do relacionamento de um casal. A história é contada de trás pra frente, começando no divórcio até o momento em que eles se conhecem. É como uma flor que você vai tirando as pétalas machucadas até, por fim, chegar ao coração. Um filme, acima de tudo, sobre o amor que fala do fim e começo da vida a dois.

(Encaminhado por Nair Lúcia de Britto - Jornalista) 



Navegue com segurança com o Novo Internet Explorer 8. Baixe agora, é gratis!

CURTA PETROBRÁS ÀS SEIS

 

NOVA PROGRAMAÇÃO DO "CURTA PETROBRÁS ÀS SEIS" COMEÇA DIA 11 EM SÃO PAULO E GUARULHOS

 

No período de 11 de setembro a 06 de outubro, uma nova programação do Curta Petrobras às Seis estará em cartaz no Espaço Unibanco de Cinema - Augusta, no Unibanco Arteplex – Frei Caneca e no Hoyts General Cinema – Guarulhos.

 

Segue abaixo as programações.

 

O Curta Petrobras às Seis teve início em 1999, em apenas uma sala em São Paulo. Hoje em sua sexta edição, o projeto tem exibições em Aracaju, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Guarulhos, Juiz de Fora, Natal, Niterói, Porto Alegre, Recife, Campinas, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São Paulo e Vitória. Em sua sexta edição, o projeto Curta Petrobras às Seis é uma iniciativa do Circuito Espaço de Cinema, em São Paulo, com patrocínio da Petrobras através da Lei Rouanet.

 

Para receber imagens de divulgação ou agendar entrevistas, favor entrar em contato pelo e-mail carolina@procultura.com.br ou pelo telefone 11 3263-0197.

 

São Paulo e Guarulhos

Programação de 11 de setembro a 06 de outubro

Entrada gratuita

Classificação indicativa: 16 anos

www.curtaseis.com.br

 

Espaço Unibanco de Cinema

Rua Augusta, 1475 - Cerqueira César.

São Paulo / SP

 

Programa: Ofício

 

Emprego Temporário

Direção: Leonardo Esteves

RJ – 2007 – 4 min – FicP&B

Nos anos Collor, dois cinéfilos vão ao cinema assistir a um filme brasileiro.

 

Bolo de Morango

Direção: Julia Jordão

SP – 2006 – 20 min – Fic - cor

Moça do interior vai para São Paulo tentar a vida como doméstica, mas logo no primeiro dia se decepciona com o modo de vida da capital.

 

Dia de Folga

Direção: André Carvalheira

DF – 2006 – 13 min – Fic – cor

Todo trabalhador tem seu dia de folga.

 

Espeto

Direção: Guilherme Marback e Sara Silveira

SP – 2006 – 16 min – Fic – cor

Uma comédia de humor negro, pensada dentro de uma visão surrealista, que conta a história de um garçom que é capaz de fazer qualquer coisa para subir na vida.

***

Unibanco Arteplex

Shopping Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569 / 3º piso – Bela Vista

São Paulo / SP

 

Programa: Projeção

 

O Presidente dos Estados Unidos

Direção: Camilo Cavalcante

PE – 2007 - 23 min - Ficcor     

2003. Pela TV, George Bush declara guerra ao Iraque. No Curado IV, Carlinhos declara guerra a Teresinha. Seria cômico se não fosse trágico.

 

O Brilho dos Meus Olhos

Direção: Allan Ribeiro

RJ – 2006 – 11 min – Ficcor e P&B    

Em busca de um momento prodigioso, para que faça algum sentido continuar vivendo.

 

Super-Herói Fora de Série

Direção: Ale McHaddo e Paulo de Tarso Mendonça "Disca"

SP – 2006 – 20 min – Ficcor     

Um jovem "nerd" fã de quadrinhos não está contente com sua vida. Inspirado nos personagens que lê, decide criar uma identidade secreta.

***

Hoyts General Cinema

Internacional Shopping Guarulhos

Rodovia Presidente Dutra, km 230

Guarulhos / SP

 

Programa: Premiados 2006

 

Balada das Duas Mocinhas de Botafogo

Direção: Fernando Valle e João Caetano Feyer

RJ – 2006 – 14 min – Fic – cor

Duas irmãs, Marília e Marina, buscam no sexo e na noite do Rio de Janeiro uma resposta para escapar ao vazio de suas vidas. Abandonadas pelo pai, que deixou a família e sumiu, e pela mãe, que vive com elas mas em nada compartilha sua vida, Marília e Marina se apóiam uma na outra e buscam um caminho. Sem guia ou referência, em meio a noitadas sem memória e relações sem sentido, elas procuram uma saída - qualquer saída. Baseado no poema de Vinicius de Moraes.

 

Memórias Sentimentais de um Editor de Passos

Direção: Daniel Turini

SP – 2006 – 17 min – Fic – cor

Seu trabalho era colocar cada pequeno som do passo em sincronia com a imagem. Mas parecia que isso não o levaria muito longe.

 

No Princípio era o Verbo

Direção: Virgínia Jorge

ES – 2006 – 18 min – Fic – cor

Uma fábula composta de três estórias que se fundem num vai-e-vem lírico e bem-humorado, procurando refletir sobre o conceito de verdade e nossa busca pelas explicações de fenômenos cotidianos.

 

(Encaminhado por Nair Lúcia de Britto - Jornalista)



Navegue com segurança com o Novo Internet Explorer 8. Baixe agora, é gratis!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

XINRAN XUE NO RODA VIVA


 
Xinran Xue
Jornalista e escritora

Ela nasceu e foi criada na China comunista de Mao Tsé-Tung e viveu durante o período pelo qual o presidente da República Popular da China anunciava o Grande Salto para à Frente, com a política de industrialização do país e a Grande Revolução Cultural, uma ação política contra os revisionistas e a burguesia.

Depois da morte de Mao Tsé-Tung, em 1976, no começo da abertura econômica chinesa, Xinran foi para a Universidade estudar jornalismo e, nos anos 80, fez um programa de rádio onde recebia e lia cartas enviadas por ouvintes, em geral, mulheres contando seus dramas, dificuldades e tudo o que a repressão política e sexual impedia que fosse revelado a respeito do mundo feminino.

Esse trabalho permitiu que ela agrupasse conteúdo para uma série de livros sobre a realidade chinesa. Xinran Xue vive há 12 anos em Londres, na Inglaterra, onde se dedicou a escrever e a contar essas histórias.

Participam como convidados entrevistadores:
Demétrio Magnoli, sociólogo, especialista em relações internacionais e editor do Jornal Mundo, Geografia e Política Internacional; Leda, Balbino, chefe de reportagem da editoria de internacional do jornal O Estado de S.Paulo; Jacira Melo, diretora do Instituto Patrícia Galvão e Jayme Martins, jornalista, foi correspondente da mídia brasileira durante 20 anos em Pequim.
Twitters no estúdio: Elisangela Roxo, jornalista (http://twitter.com/roxo); Paulo Celestino, jornalista (http://twitter.com/internetcidade) e Juliana Ferreira Fernandes, estudante de publicidade (http://www.twitter.com/jufernandes).
Fotógrafo convidado: Nicoli Barea, estudante (http://flickr.com/ni_coli).

Apresentação: Heródoto Barbeiro

O Roda Viva é apresentado às segundas a partir das 22h10.
Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva
 
(ENCAMINHADO POR NAIR LÚCIA DE BRITTO - Jornalista)


Navegue com segurança com o Novo Internet Explorer 8. Baixe agora, é gratis!