sexta-feira, 29 de junho de 2012

Santos ganha Escola Popular de Arte e Cultura Plínio Marcos, com apoio do grupo Libra


A sede do Instituto Arte no Dique tem 690 m2 e abriga oficinas artísticas e profissionalizantes

São Paulo, 29 de junho de 2012 - Reconhecido internacionalmente por seu trabalho de inclusão social, o Instituto Arte no Dique ganhará sua sede definitiva no dia 30 de junho. O Espaço Mais Cultura Escola Popular de Arte e Cultura Plínio Marcos terá toda a infraestrutura necessária para as oficinas artísticas e profissionalizantes do projeto, que tem a Libra Terminais Santos como mantenedora.
O espaço tem mais de 690 m² e é uma conquista importante para o Instituto, fundado em 2002. Em 2004 foi montado o primeiro escritório, em um contêiner doado pela Libra Terminais.
A construção da nova sede do instituto foi iniciada no primeiro semestre de 2011, em terreno localizado no Caminho São Sebastião - dentro da favela de palafitas Dique da Vila Gilda, uma das áreas de maior vulnerabilidade social do Estado de São Paulo. A obra tem valor total de R$ 1,8 milhão, repassados pelo Ministério da Cultura à COHAB Santista, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Dique da Vila Gilda).
 O novo prédio tem três andares e é equipado com sala de dança, espaço para oficinas culturais, biblioteca, estúdio de música, laboratório de ateliês, sala Cine Mais Cultura Sérgio Mamberti, além do Espaço Cibernético Gilberto Gil, que oferecerá um amplo acervo audiovisual a seus frequentadores.
Também há um espaço dedicado à educação, equipado com laboratório de informática, sala de aula, biblioteca e área de convivência. As aulas começam no dia 1º de agosto para as turmas dos períodos da manhã e da tarde. Todas as atividades são gratuitas e têm como público-alvo os jovens entre 16 e 24 anos.
Ideal - "Quando surgiu a ideia de montar um projeto como o Arte na favela de palafitas Dique da Vila Gilda, aqui na Zona Noroeste de Santos, a Libra acreditou em nossa proposta e nos apoiou. Naquela época não havia nada de concreto para apresentar, apenas um ideal, que foi abraçado pela empresa”, conta José Virgílio Leal de Figueiredo, presidente do Instituto Arte no Dique.
 “Além disso, a Libra Terminais é a mantenedora do Arte no Dique. Sem estes investimentos, não teríamos como manter projetos como a Banda Querô, de percussão,  e o Núcleo de Audiovisual. Só assim pudemos chegar à expressiva marca de quatro mil jovens atendidos desde a criação do projeto”, disse José Virgilio sobre a relação com a operadora de contêineres, que em oito anos já investiu mais de R$ 1 milhão no Arte no Dique sem utilizar mecanismos de incentivo fiscal.
O presidente da Libra Terminais, Wagner Biasoli, destacou a importância do investimento em ações sociais na comunidade onde a empresa está inserida. “ Temos orgulho do projeto e a certeza de estar no caminho certo, reafirmando nossa visão do Bom Crescimento: crescer promovendo o crescimento de todos que se relacionam conosco, valorizando o meio ambiente, a vida, as pessoas e a sociedade”, afirmou.
Sobre o Grupo Libra
O Grupo Libra, um dos maiores operadores portuários e de logística de comércio exterior do País, acaba de se tornar o primeiro grupo do setor na América Latina a operar de forma integrada todos os modais de transporte – da operação de terminais portuários e transporte fluvial à carga aérea, passando pelas soluções rodoviárias e ferroviárias.    

Exposição exibe fósseis e vestígios pré-históricos


Agência FAPESP – Está em cartaz até o dia 30 de setembro, no Museu da Ciência Mário Tolentino, em São Carlos, a exposição PaleoBrasil: na trilha dos dinossauros. O evento é organizado pela prefeitura local e pelo Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A curadoria é do professor Marcelo Adorna Fernandes.

A exposição reúne fósseis de organismos vegetais e animais que viveram há milhões de anos em solo brasileiro e, em especial, na região de São Carlos, além de meteoritos coletados no Brasil.
Alguns objetos, como pegadas de dinossauros impressas em rocha, foram encontrados na região de São Carlos. A coleção também conta com fósseis de répteis aquáticos da região de Rio Claro.
Entre os destaques estão o esqueleto completo de um dinossauro predador do interior do Mato Grasso, o abelissauro, com oito metros de comprimento e três metros de altura, e também o Anhanguera, um pterossauro do Ceará com 5 metros de envergadura.
O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. As visitas à PaleoBrasil podem ser feitas de terça a sexta-feira, das 8 às 17h30. Agendamentos e mais informações podem ser obtidos no Museu de Ciência, pelo telefone  (16) 3307-6903 ou pelo e-mailmuseudaciencia@saocarlos.sp.gov.br

Programa de Mestrado Profissional em Matemática recebe inscrições de professores da rede pública



Curso é semipresencial e as inscrições podem ser feitas até 2 de julho. Na UFSCar são oferecidas 30 vagas, sendo 26 exclusivas para professores da rede pública

O Programa de Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT) recebe inscrições, até o dia 2 de julho, de professores da rede pública. O Programa é reconhecido pelo MEC e coordenado pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e trata-se de um curso semipresencial, gratuito, com oferta nacional, realizado por uma rede de Instituições de Ensino Superior, no contexto da Universidade Aberta do Brasil, da qual a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) faz parte.
O Programa visa atender professores de Matemática em exercício no ensino básico, especialmente na escola pública, que busquem aprimoramento em sua formação profissional, com ênfase no domínio aprofundado de conteúdo matemático relevante para sua atuação docente. O PROFMAT opera em ampla escala, com o objetivo de, a médio prazo, ter impacto substantivo na formação matemática do professor em todo o território nacional. Um dos principais objetivos é estimular a melhoria do ensino de Matemática em todos os níveis.
São 1.570 vagas em todo o território nacional, sendo 1.256 exclusivas para professores da rede pública, com bolsa de estudos da Capes no valor mensal de R$ 1.350 durante dois anos. A bolsa está condicionada ao compromisso de permanência no ensino básico público de Matemática por, pelo menos, cinco anos após a obtenção do título de mestre.
Na UFSCar são 30 vagas, sendo 26 exclusivas para professores da rede pública, com aulas presenciais aos sábados, nos meses de março a dezembro, e intensivas no mês de janeiro. As inscrições devem ser feitas até o dia 2 de julho de 2012 pelo site www.profmat-sbm.org.br.
O PROFMAT foi recomendado pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES) da Capes. Mais informações e todos os procedimentos de inscrição podem ser obtidos no site www.profmat-sbm.org.br.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Mostra de Cinema Cristão






Mostra Nacional Competitiva de Curtas Metragens com Premiação
                                                                                              A MOSTRA DE CINEMA CRISTÃO acontecerá no dia 27 de outubro de 2012. Será realizado no Auditório do Centro Cultural da Bíblia da Sociedade Bíblica do Brasil - Rio de Janeiro.
O evento tem como objetivo estimular os cineastas, produtores, roteiristas e interessados no
audiovisual a difundirem e criarem obras de qualidade, informar, disseminar a cultura, propagar valores éticos e projetar o audiovisual a nível nacional e internacional.
                                                                                            Programação:
Palestra sobre Cinema com a cineasta Dida Sampaio                                                                             
Oficina Prática de Filmagem com a WPI Filmes e 4U Films 
Debate com os Cineastas
Mostra dos 7 melhores curtas metragens selecionados pelo Comissão Julgadora
Votação popular dos melhores curtas-metragens
Premiação dos melhores filmes

Premiação:
1º Lugar - Troféu e o valor de R$ 800,00
 2º Lugar – Placa e o valor de R$ 500,00
3º Lugar – Placa e o valor de R$ 300,00
O 1º colocado será entrevistado em programas de TVs Cristãs.

Inscrições:
As inscrições dos filmes são gratuitas e deverão ser feitas no site www.agendaculturalbrasil.com “Inscrição de Filmes”, que também disponibiliza o Regulamento.                                                                                                                              
As Inscrições estão abertas para o público e as vagas são limitadas. Para participar, preencha a Ficha de Inscrição no link e enviaremos maiores informações www.agendaculturalbrasil.com/formulario.htm     

                                                                                                      
Palestra sobre Cinema
Dida Sampaio chegou recentemente de Hollywood, onde concluiu o Curso de Direção de Cinema. Na palestra dissertará sobre o processo de um filme.

Oficina Prática de Filmagem
Dez profissionais especialistas no audiovisual mostrarão um set de filmagem. Em gravação de cenas com atores, explicarão o processo técnico. Relação dos profissionais na “Equipe Técnica”.
                                                                                                                                                                                                                                                                                         Em 2013 está programado o 1º FESTIVAL CRISTÃO DE CINEMA NACIONAL onde serão premiados os melhores Diretores, Ator/Atriz, Fotografia, Trilha sonora, Edição, etc.
Esta é uma importante iniciativa para a difusão da cultura nacional e ampliação do conhecimento cinematográfico.

Horário:                                                                                              9:00 às 20:00 h
Local: Auditório Centro Cultural da Bíblia.
Rua Buenos Aires, 135 - 3º e 4º andar.
Centro - Rio de Janeiro
Realização: Agenda Cultural Brasil

quarta-feira, 6 de junho de 2012


Biblioteca Nacional realiza grande exposição para celebrar as belezas do Rio de Janeiro


DESTAQUE
Rio cidade-paisagem
De 12 de junho a 5 de agosto
A exposição é uma homenagem a Cidade Maravilhosa, sede de grandes eventos internacionais como a conferência Rio +20 e os Jogos Olímpicos 2016. Ela apresenta um eixo cronológico com cerca de 150 peças de gêneros distintos pertencentes ao acervo da Biblioteca Nacional. A Baía de Guanabara – que figura em algumas das mais antigas imagens da cidade – abre a exposição. Mapas históricos e plantas das fortalezas, projetos viários nunca realizados, antigos planos urbanísticos e impactantes vistas panorâmicas em gravura e fotografia estão entre os documentos originais que figuraram o módulo inicial. Em seguida, abordaremos a Floresta da Tijuca e seu entorno, com base em rica documentação manuscrita, e também o Parque Estadual da Pedra Branca e a Serra do Mendanha. O morro do Castelo e o seu desmonte compõem o terceiro módulo da mostra, juntamente com a abertura das avenidas e ruas no local. A região litorânea da Glória, Flamengo e Botafogo, que sofreu muitos aterros, também merecerá atenção na exposição. Na sequência, a zona norte da cidade e a região suburbana terão vez, através de plantas, gravuras, periódicos, partituras e fotografias. Destaque para a Penha, com sua igreja, que também faz parte da paisagem da baía de Guanabara. Finalizando, a exposição aborda a orla da zona sul e da zona oeste, evidenciando a praia de Copacabana, desde o período das primeiras iniciativas visando a sua integração à vida na cidade, até os dias atuais. Grandes reportagens, músicas e livros fotográficos estão entre os destaques desse módulo.
Espaço Cultural Eliseu Visconti (Rua México, s/nº - Centro – Rio de Janeiro – RJ), acesso pelos jardins da Biblioteca Nacional.
Terças a sextas, das 10h às 18h
Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h
Entrada franca.


EVENTOS

Lei das Biografias
Audiência com escritores e juristas para debater o projeto de lei que torna possível a redação de biografias de pessoas públicas sem autorização prévia. O encontro conta com a participação do presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, dos deputados federais Alessandro Molon (PT-RJ) e Newton Lima (PT-SP), dos juristas Gustavo Binenbojm e Luís Roberto Barroso, do escritor Rui Castro e de representantes da Academia Brasileira de Letras. Dia 14/6, às 17h, na Biblioteca Nacional (Avenida Rio Branco, nº 219)

Bolsas BN/Funarte
Cerimônia de lançamento oficial das Bolsas de Criação e Circulação Literária - BN/Funarte. O evento contará com a presença do presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Galeno Amorim, e o presidente da Funarte, Antonio Grassi. Dia 14/6, a partir das 19h, na sede da FBN – Avenida Rio Branco, nº 219, centro, Rio de Janeiro.

Os livros e a vida literária no Rio de Janeiro
O encontro debate “Bibliofilia e colecionismo no Rio de Janeiro, um depoimento”. A quinta mesa-redonda da série Os livros e a vida
literária no Rio de Janeiro contará com o expositor Cláudio Murilo
Leal (UFRJ) e os debatedores Gilberto Araújo (ABL) e Teresa Cristina
Meireles de Oliveira (UFRJ). Dia 18/6, às 16h, no Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional (Rua México, s/nº - entrada pelos jardins).

Terças Culturais – Leituras musicais
O convidado da semana é o violonista Pedro Pedrassoli, mestre em Música e professor de violão da UFRJ, premiado em diversos concursos no Brasil e no exterior, incluindo o Concurso Internacional Villa-Lobos. Já se apresentou no Marrocos, no Japão, em Portugal, no Paraguai, e na Alemanha, onde gravou o CD “Villa-Lobos: Obra integral para violão solo”, apontado pela crítica como uma das melhores interpretações do maestro brasileiro. O encontro começa às 18h30 na Casa da Leitura (Rua Pereira da Silva, 86, Laranjeiras, Rio de Janeiro). A entrada é franca.

Próximas edições
19/06, às 19h: A Bíblia: um diário de leitura.
Convidado: Luís Paulo Horta
26/06, às 18h30: Sonhos do dia.
Convidada: Claudia Werneck

Biblioteca Fazendo História
Célia Cristina da Silva Tavares - autora de “Jesuítas e Inquisição:
cumplicidades e confrontações – e Eunícia Barros Barcelos Fernandes,
autora de “Franciscanos e jesuítas”, participam do Biblioteca Fazendo História do próximo dia 26. Em debate, o tema “Dossiê Jesuítas”. O evento começa a partir das 16h e tem entrada franca. No Auditório Machado de Assis (Rua México, s/nº - entrada pelos jardins).


MOSTRAS

Preservação e escolhas de Sofia: dilemas entre a vida e a morte
física de livros raros
20 itens do acervo da Divisão de Obras Raras da Biblioteca Nacional reunidos em homenagem ao delicado mundo dos processos de restauração. Livros raros e fotos dos processos de seleção, restauro, conservação e guarda compõem a mostra. Entre os destaques, “La universale fabrica de mondo”, do geógrafo e teólogo italiano Giovanni Lorenzo d’Anania – título recuperado pela FBN. O evento acontece de 2ª a 6ª, de 10h às 18h, no 3º andar da sede da FBN (Avenida Rio Branco, 219 – Centro - Rio de Janeiro). Até 13 de julho.

A novela além do horário nobre: Fotonovelas no acervo da Biblioteca
Nacional
Até junho, as principais fotonovelas editadas entre as décadas de 1940 e 1970 formam o conjunto de peças exposto. Revistas como Grande Hotel, Capricho, Sétimo Céu e Killing estão na mostra. No 2º andar da Biblioteca Nacional (Avenida Rio Branco, 219. Centro. Rio de Janeiro - RJ). De segunda a sexta, de 9h às 20h. Sábados, domingos e feriados de 12h às 17h. Entrada franca.

Ecos do Passado: a biodiversidade nos manuscritos da BN
20 peças do vasto acervo da instituição sobre a fauna e a flora brasileira ao alcance do público até 15 de maio. Obras de Freire Alemão, Frei Veloso e James Forbes estão entre os destaques. No 3º andar da Biblioteca Nacional (Avenida Rio Branco, 219. Centro. Rio de Janeiro - RJ). De segunda a sexta, de 10h às 17h. Até 15/6. Entrada franca.

Estão abertas as inscrições para o 6º Prêmio ANTF de Jornalismo


Estão abertas as inscrições para o 6º Prêmio ANTF de Jornalismo. O interessado em concorrer à premiação tem até o dia 6 de agosto de 2012 para se inscrever.  Podem participar jornalistas atuantes na imprensa nacional que tenham produzido matérias sobre ferrovias, veiculadas no período de 28 de novembro de 2010 a 6 de agosto de 2012, em jornal impresso, revista impressa, rádio, televisão e internet.
O objetivo da premiação é valorizar o trabalho realizado pelos veículos de comunicação e seus profissionais, além de destacar matérias jornalísticas de qualidade e incentivar a divulgação de informações relevantes sobre o setor ferroviário. Os vencedores de cada categoria receberão uma premiação no valor de R$ 5 mil durante o evento “V Brasil nos Trilhos 2012”, no dia 4 de setembro, em Brasília.

Para conhecer o regulamento do Prêmio ANTF de Jornalismo e fazer a sua inscrição acesse o site: www.antf.org.br.

A ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários) apoia a realização da 18ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, que acontecerá no período de 11 a 14 de setembro de 2012, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

O encontro, organizado pela AEAMESP (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô) acontece em paralelo a Metroferr 2012 exposição de produtos e serviços para o setor metroferroviário.

Para informações adicionais, entrar em contato com Debora Camichiolli, da coordenação de Eventos da AEAMESP pelo e-mail eventos@aeamesp.org.br

Serviço:
18ª Semana de Tecnologia Metroferroviária e Metroferr 2012
Data: 11 a 14 de setembro de 2012
Local: Centro de Convenções Frei Caneca
Endereço: Rua Frei Caneca, 596 – São Paulo – SP

sexta-feira, 1 de junho de 2012

A Reinvenção da Classe Trabalhadora



Debate Cedem/Unesp

        A Reinvenção da Classe Trabalhadora (1953-1964), livro resultado da pesquisa de doutorado defendida por Murilo Leal Neto no Departamento de História da USP em 2006, Editora da UNICAMP, Campinas/SP - 2011, será o centro do debate no próximo dia 12 de junho, terça-feira a partir das 18h30, promovido pelo CEDEM -– Centro de Documentação e Memória da UNESP.
        O autor aborda a trajetória e a presença política e econômica das duas categorias operárias mais numerosas em São Paulo, os metalúrgicos e os têxteis, no período de 1953 a 1964, analisando condições de trabalho, formas de organização e associação, práticas de resistência e luta no campo sindical e político e elaboração de formas culturais e da consciência de classe. Contestando visões consagradas sobre o populismo como "manipulação" a partir de vasta pesquisa que reconstitui a atuação dos trabalhadores como sujeitos.
        Murilo, ao mesmo tempo, analisa a "vida fora da fábrica": o trabalhador na condição de morador das periferias que se expandiam em São Paulo no período: lutas de bairro por equipamentos e serviços urbanos e também por um padrão mínimo de consumo: lutas contra a carestia e a escassez de produtos, formulando interpretações alternativas sobre a crise política de 1963/64 a partir desta problemática.

Expositor
Murilo Leal Neto
Graduação, Mestrado e Doutorado em História – USP
Autor do livro: À Esquerda da Esquerda
Professor do Departamento de História da UNIFESP - Campus Osasco
Debatedores
Zilda Márcia Grícoli Iokoi
Diretora do Diversitas: Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos
Autora dos livros: Igreja e Camponeses na América Latina e Intolerância e Resistência: a Saga dos Judeus Comunistas entre a Polônia, a Palestina e o Brasil
Professora Titular do Departamento de História da USP
Fernando Teixeira da Silva
Pesquisador do Centro de Pesquisa em História Social da Cultura da UNICAMP
Autor dos livros: Operários sem Patrões: Os Trabalhadores da Cidade de Santos no Entreguerras e A Carga e a Culpa
Professor do Departamento de História da UNICAMP
Mediadora
Claudia Moraes de Souza
Doutora em História Social – USP, Pesquisadora do Diversitas
Atua nas áreas: Estudos Culturais, História das Relações e Representações Sociais, Movimentos Sociais, Cultura e Educação Popular
Professora Assistente nos cursos de Ciências Sociais e Relações Internacionais - UNESP/Campus de Marília


Inscrições gratuitas c/ Sandra Santos pelo e-mail: ssantos@cedem.unesp.br
Data e horário: 12 de junho 2012 (terça-feira) às 18h30 – www.cedem.unesp.br
Local: CEDEM/UNESP - Praça da Sé, 108 - 1º andar, (metrô Sé) -