segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Centro Cultural Banco do Brasil e Centro Cultural dos Correios recebem exposição Resistir é Preciso, que resgata o período da ditadura militar

Vista por 33 mil pessoas durante temporada em Brasília, "Resistir é preciso" chega ao Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo e ao Centro Cultural dos Correios, onde permanece de 12 de outubro a 6 de janeiro. Idealizada pelo Instituto Vladimir Herzog, a mostra mantém viva na memória dos brasileiros a luta da imprensa durante a ditadura, período em que centenas de profissionais da área foram presos, torturados e assassinados. A exposição é organizada em parceria com o Ministério da Cultura, Correios e com o Banco do Brasil e conta com obras de arte, cartazes, fotografias e depoimentos em vídeo. A entrada é gratuita.


No Centro Cultural Banco do Brasil, uma "linha do tempo" contará a história da resistência à ditadura militar que foi instaurada no Brasil em 1964 e que permaneceu no poder até a eleição indireta de Tancredo Neves, em 1985. Nesse período, muitos intelectuais, artistas, sindicatos, estudantes e diversos setores da sociedade civil lutaram pelo reestabelecimento da democracia no Brasil.

A mostra reúne um expressivo conjunto de obras de arte e documentos históricos que apresentam a militância dos artistas denunciando abusos e crimes da ditadura. Entre os painéis da exposição está a coleção de Alípio Freire, jornalista e ex-preso político, que reuniu obras de artistas plásticos como Sérgio Freire, Flávio Império, Sérgio Ferro e Takaoka produzidas no período de cárcere, no presídio Tiradentes, em São Paulo. A mostra traz também ilustrações de Rubem Grilo, ilustrador de publicações como Movimento, Opinião e Pasquim da década de 1970.

A exposição extrapola os limites do CCBB e alcança também o Centro Cultural dos Correios, que recebe parte do acervo dos fotojornalistas Luis Humberto e Orlando Brito, que têm uma participação importante nos registros da história do País. Ambos registraram fotos na ditadura que expressavam o cotidiano político brasileiro. Muitas dessas imagens foram censuradas e só mais tarde se tornaram conhecidas.


"Resistir é preciso" possibilita aos jovens conhecer melhor as lutas pela reconstrução democrática, ocorridas nas décadas de 1960 a 1980, incluindo as diversas correntes de oposição ao regime militar. A atuação da imprensa na clandestinidade, no exílio e nas bancas faz parte de um cenário pouco conhecido pelo público atual, apesar de ter cumprido um papel relevante durante todo o processo de redemocratização do País.

Após São Paulo, a mostra passará também pelo CCBB Rio de Janeiro, de 12 de fevereiro a 07 de abril, e CCBB Belo Horizonte, de 05 de agosto a 05 de outubro.

FICHA TÉCNICA

Concepção Geral: Instituto Vladimir Herzog

Curadoria Geral: Fabio Magalhães

Curadoria adjunta: Vladimir Sacchetta e José Luiz Del Roio

Coordenação de Produção: Ana Helena Curti - arte3 |assessoria produção e marketing cultural ltda

Projeto Expográfico: Pedro Mendes da Rocha - arte3

Projeto Multimídia: Estúdio Preto e Branco

Comunicação Visual: Chico Homem de Melo


SERVIÇO

CCBB São Paulo

Aberto de quarta a segunda das 9h às 21h

R. Álvares Penteado, 112 - Sé, São Paulo - SP, 01012-000
(11) 3113-3651 e 3113.3652

bb.com.br/cultura

Centro Cultural Correios

Aberto de terça a domingo das 11h às 17h

Avenida São João, s/nº, Vale do Anhangabaú, São Paulo-SP, 01031-970

Telefone: (11) 3227-9461

e-mail: centroculturalsp@correios.com.br

http://www.correios.com.br/

Sobre o Instituto Vladimir Herzog

Criado em 25 de Junho de 2009, o Instituto Vladimir Herzog tem a missão de contribuir para a reflexão e produção de informações que garantam o direito à vida e o direito à justiça. Sua fundação se inspirou na trajetória de vida do jornalista Vladimir Herzog, assassinado em 1975 pela ditadura, bem como nos principais valores ligados a essa trajetória: democracia, liberdade e justiça social.

Tendo como bandeira a frase de Herzog "Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados", o Instituto é uma OSCIP, organização sem fins lucrativos, com neutralidade político-partidária.

Mais informações podem ser encontradas no endereço do www.vladimirherzog.org.br.

Blog: http://www.vladoherzog.blogspot.com.br/

Facebook: http://facebook.com/vladimir.herzog

Twitter: https://twitter.com/vladimirherzog

Kusama, MPB4, Quarteto em Cy, Boca Livre, Eucanaã Ferraz, Vinícius de Moraes e circo no aniversário do CCBB Rio

Após bater o recorde de visitação de toda a história do MALBA (Argentina), chega ao Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro, a exposição "Yayoi Kusama:Obsessão Infinita". Celebrando 24 anos de atuação do CCBB Rio, a mostra reúne uma centena de obras que vão desde pintura, escultura, filmes, literatura, pop-art, moda e objetos de design de vários tipos e tamanhos, produzidas entre 1949 e 2012. A artista japonesa que conviveu com Andy Wharhol, Joseph Cornell, Robert Rauschemberg e Marc Rothko, entre outros, na Nova Iorque incandescente do final dos anos 1950, permanece na ativa com suas bolas e pontos de variados tamanhos.

 

Outra surpresa para que o público comemore o mês de aniversário do CCBB Rio é a abertura da "Tenda CCBB", que até o final do ano traz diversas atrações musicais nacionais e internacionais. A primeira temporada de shows fica por conta do "Brasil Vocal CCBB 2013", concurso que chega a terceira edição e reúne os grupos MPB4, Quarteto em Cy e Boca Livre ao lado de seis novos grupos vocais e apresenta os nove arranjos originais e inéditos de música brasileira vencedores do concurso de fomento da música brasileira a capela.

 

Em seguida, a "Tenda CCBB" recebe a série "Vinicius, o poeta do encontro", comemora o centenário de Vinícius de Moraes, em quatro apresentações de cantores e instrumentistas, que revisitam o repertório do poetinha e seus principais parceiros, Baden Power, Toquinho, Carlos Lyra, Chico Buarque, Edu Lobo, Pixinguinha e Tom Jobim.

 

"VIREI VIRAL" é o evento multidisciplinar que traz exposição, live playlists, palestras e shows em uma abordagem atual sobre o impacto das tecnologias digitais e a cultura dos virais. Com a participação de jornalistas, pensadores, artistas visuais, músicos, designers e formadores de opinião – todos usuários ativos das redes – um pouco da história dos virais desde os tempos pré-digitais até as novas e futuras tecnologias chega até o público de forma dinâmica e interativa.

 

E tradicionalmente no mês de outubro, o CCBB Educativo traz uma série de atividades especiais. A "Semana das Crianças - O Universo é redondo" recebe a bateria mirim do Bloco do Sargento Pimenta, os palhaços Lasanha e Ravioli, o grupo Circo da Silva, a banda Songoro Cosongo, a Cia Costurando Histórias, o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias e o grupo Marias da Graça, o primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil.

 

A edição de setembro da série "FUTEBOL.BR – o Futebol no Brasil" traz Ivald Granato e o grafiteiro Toz para discutir a influência do esporte nas artes visuais.

 

O seminário "Múltiplos e contemporâneos: a literatura.com" permanece no CCBB Rio e traz a "Nova poesia", com Eucanaã Ferraz e Ramon Mello.

 

Assessoria de Imprensa CCBB Rio

 

 

 

 

Centro Cultural Banco do Brasil

Rua Primeiro de Março, 66

Centro – Rio de Janeiro - RJ

CEP 20010-000

www.bb.com.br/cultura

twitter.com/ccbb_rj

http://facebook.com/CCBB.RJ

 

Aberto para o público de quarta à segunda, das 09h às 21h.

Importante: Caso não queira receber novas mensagens, responda este email, registrando no Assunto: REMOVER.


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

UFSCar oferece especialização em Educação Especial sobre Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo

 

 

Inscrições estão abertas até 30/9 e curso terá início em 5 de outubro, com duração de 18 meses. As vagas são limitadas

 

Até o dia 30 de setembro estão abertas as inscrições para o curso de Especialização em Educação Especial: Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo, promovido pelo Laboratório de Aprendizagem Humana, Multimídia Interativa e Ensino  Informativo (LAHMIEI), vinculado ao Departamento de Psicologia da  Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O curso é voltado para profissionais de saúde Enfermagem, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia e outros profissionais envolvidos direta ou indiretamente com o cuidado, ensino e tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista.

O objetivo da especialização é capacitar profissionais para atuarem de acordo com os princípios da ABA (Applied Behavior Analysis Análise do Comportamento Aplicada), abordagem cientificamente reconhecida como eficaz no ensino e tratamento do indivíduo com autismo. No Brasil, são escassas as propostas de formação nestes moldes. Profissionais com esta formação estarão melhor preparados para lidar com as demandas da população com diagnóstico de autismo, até mesmo com relação à inclusão social e escolar desses pacientes.

As inscrições devem ser feitas pela internet, no site www.lahmiei.ufscar.br, até o dia 30 de setembro. As vagas são limitadas e as aulas serão realizadas aos sábados, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, no Campus São Carlos da UFSCar. Para participar, o candidato deve possuir diploma de nível superior ou estar cursando o último ano de graduação e ter previsão de formatura antes do encerramento da pósgraduação. 

O curso tem início no dia 5 de outubro de 2013 e término previsto para 28 de março de 2015. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.lahmiei.ufscar.br/ ou pelo telefone (16) 33518498.

Seminário debaterá a promoção da igualdade racial

 
O evento é uma preparação para a III Conferência Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial


O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir/ PR) realizam, na próxima quarta-feira, dia 2, um evento preparatório para a III Conferência Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, que acontece em Brasília, no período de 5 a 7 de novembro. O seminário Democracia e Desenvolvimento por um Brasil Afirmativo, cujo objetivo é disseminar entre técnicos e autoridades do Governo Federal provocações que subsidiem os debates da III Conapir, acontecerá a partir das 9h30, no auditório do subsolo na sede do Instituto, em Brasília (SBS, Q. 1, Bl. J, Ed.BNDES/Ipea).

Com o tema Estratégias para o Desenvolvimento e o Enfrentamento ao Racismo, a palestra de abertura contará com as presenças do presidente do Ipea e ministro interino da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE/PR), Marcelo Neri; da ministra da Seppir, Luiza Bairros; e do rapper e escritor Genival Oliveira Gonçalves, o GOG.

A Conferência pretende responder aos novos desafios que se colocam para que as políticas de promoção da igualdade racial, passados dez anos de sua institucionalização no Governo Federal, venham a ocupar um novo patamar no contexto das mudanças que se operaram no país. O evento se dará no momento em que Ipea e Seppir oficializam um termo de cooperação técnica e um plano de trabalho para a realização de análise estratégica de indicadores das desigualdades raciais e bem-estar da população negra no Brasil, com base em levantamento sociodemográfico e registros administrativos.

Desta forma, a conferência servirá para pactuar o esforço técnico de análise de indicadores proposto entre os dois órgãos e outros parceiros como o IBGE, a fim de alcançar um novo patamar para as políticas de promoção da igualdade racial no contexto das mudanças que se operaram no país, compreendendo a questão racial como elemento fundamental para a consolidação da democracia e do desenvolvimento brasileiro.

Veja a programação completa


Parque Ibirapuera funcionará 24 horas nos finais de semana

 
 

No próximo dia 28, os paulistanos ganharão uma nova opção de lazer durante as madrugadas. A partir desta data o Parque Ibirapuera, administrado pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, funcionará, ininterruptamente, das 5h de sábado até as 24h de domingo, proporcionando atividades de educação ambiental e de lazer.

 

Durante as madrugadas, uma área de, aproximadamente, 500 mil m² (1/3 do total), que compreende importantes equipamentos culturais do Ibirapuera, como, a Marquise, o Auditório, o MAM, o prédio da Bienal, a Arena de Eventos e OCA será aberta ao público, com acesso pelos portões 2 e 10. O restante do parque permanecerá fechado para o conforto e bem estar dos animais

 

Além da possibilidade de contemplação da natureza durante a madrugada, serão promovidas, gratuitamente, atividades de educação ambiental para os visitantes, como doação de mudas, feiras de artesanato e de trocas de livro.

 

O acesso ao parque durante as madrugadas poderá ser feito a pé, de bicicleta, de patins ou de skate, por isso, a entrada de veículos não será permitida no período entre 22h de sábado e 5h de domingo. Atualmente, o Parque do Ibirapuera conta com um efetivo de 191 guardas, três viaturas convencionais, duas bases comunitárias móveis, quatro motos e trinta bicicletas.

 

Durante a madrugada, este efetivo contará com mais 65 agentes especialmente escalados para esse turno. Além disso, o parque contará com seis supedâneos que facilitarão a visualização dos guardas e servirão como apoio para os visitantes.

 

Carinhosamente conhecido pelos paulistanos como Ibira, o Parque Ibirapuera é um dos destinos mais procurados da cidade de São Paulo, sendo, inclusive, no último mês de junho, eleito pelos visitantes do site TripAdvisor como o melhor parque da América do Sul. 

MCB oferece entrada gratuita até 13 de outubro

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, terá entrada franca até 13 de outubro, período no qual o público poderá visitar gratuitamente as mostras de longa duração em cartaz: "Coleção MCB" e "A Casa e a Cidade - Coleção Crespi-Prado". Com isso, o MCB procura democratizar o acesso à cultura e aproximar diferentes públicos do espaço museológico.


A exposição "Coleção MCB" reúne móveis e utensílios da casa brasileira dos séculos 17 ao 21, valorizados por meio da abordagem a partir de sua função, como servir, sentar, ouvir, descansar, guardar e rezar. Já a mostra "A Casa e a Cidade - Coleção Crespi-Prado" retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais do imóvel que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi. Com textos dos professores Carlos Lemos e Maria Ruth Amaral de Sampaio, ambos da FAU-USP, além da contribuição do ambientalista Ricardo Cardim, a mostra possibilita novas leituras a respeito deste acervo.

Na tarde do dia 12 de outubro, será inaugurada no museu a Bienal de Arquitetura de São Paulo. Em sua 10ª edição, o evento aborda temas urbanísticos, explorando a relação entre arquitetura e a cidade. Para a Bienal, O MCB programou exposições que promovem o debate sobre os modos de habitar, reunindo projetos dos arquitetos Eduardo Longo (Casa Bola) e Ryue Nishizawa (Casa Moriyama), além de mostras sobre a comunidade indígena Emanuel Guarani Kaiowá e os programas "Minha Casa, Minha Vida" e "Casa Paulista".

A partir da terça-feira seguinte, 15 de outubro, o MCB volta a seu preço usual, permanecendo gratuito apenas aos domingos, feriados e durante as visitas noturnas quinzenais.

Sobre o Museu da Casa Brasileira

O Museu da Casa Brasileira se dedica às questões da cultura material da casa brasileira. É o único do país especializado em design e arquitetura, tendo se tornado uma referência nacional e internacional nesses temas. Dentre suas inúmeras iniciativas, destaca-se o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado desde 1986, e que comemora em 2013 sua 27ª edição.

SERVIÇO:

Entrada gratuita

Data: até 13 de outubro

Horário: De terça a domingo, das 10h às 18h

Local: Museu da Casa Brasileira

Av. Faria Lima, 2.705 - Jd. Paulistano

Tel.: (11) 3032-3727

Acesso a pessoas com deficiência/ Bicicletário com 20 vagas

Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3032-2564 / agendamento@mcb.org.br

www.mcb.org.br

 

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

II Seminário Comunicação, Cultura e Sociedade do Espetáculo

Data : 18 e 19 de outubro de 2013 Local: Sala 17 – 5º andar Público: Professores e alunos do programa de mestrado da Faculdade Cásper Líbero e professores e alunos da pós-graduação Lato Sensu da Cásper Líbero. Professores e estudantes de comunicação em geral e profissionais de mercado interessados no assunto. Realização: Grupo de Pesquisa Comunicação e Sociedade do Espetáculo do Programa de Mestrado Cásper Líbero. Certificados: Somente será emitido comprovante de participação aos que acompanharem os dois dias de evento. Inscrições (obrigatória): Para participar é necessário que você envie, previamente, um e-mail com seu nome, RG, curso e nome da instituição que representa e as mesas que tem interesse em participar para eventos@fcl.com.br. Feito isto, aguarde a confirmação de sua inscrição. O Grupo de Pesquisa Comunicação e Sociedade do Espetáculo, do Programa de Mestrado da Faculdade Cásper Líbero, debate as pesquisas desenvolvidas pelos seus membros, desde 2006. Os estudos produzidos pelo grupo são pautados por uma reflexão crítica sobre os vínculos entre as práticas comunicacionais e as características da Sociedade do Espetáculo. No ano de 2013, as reflexões concentram-se em torno do tema: Cultura e Movimentos Sociais na Cidade-Espetáculo. O foco deste evento será discutir os conceitos a respeito da Cultura na Sociedade do Espetáculo e seus vínculos com a teoria crítica da comunicação e analisar os seus desdobramentos em produtos midiáticos específicos, em espaços urbanos concretos e em movimentos artísticos do passado e do presente. Confira a programação: Sexta-Feira – 18 de outubro - TARDE 14h00 – Abertura: Cláudio Coelho 14h15 – O espetáculo em bits na cibercultura – Valdir José de Castro 14h45 – Vila Madalena: modos de mercantilização do espaço público pelo privado – Solange Whitaker Verri 15h15 – Debate 15h45 – Intervalo 16h00 – Situações, intervenções, mobilizações: da participação efetiva ao consumo de sensações – Ethel Shiarishi Pereira 16h30 – A Mídia e as Manifestações de junho de 2013 – Rodrigo de Carvalho 17h00 – Mídia Ninja na Grande Mídia – Eliana Natividade 17h30 – Debate 18h00 – Encerramento Sexta-Feira – 18 de outubro - NOITE 19h00 – Abertura: Cláudio Coelho 19h15 – "Milagre dos peixes" A censura e a voz de Milton Nascimento na sociedade do espetáculo brasileira – Emerson Ike Coan 19h45 – Língua de Trapo: uma banda da Vanguarda Paulista e sua contemporaneidade – Eduardo Dieb 20h15 – Debate 20h45 – Intervalo 21h00 – Para além do espetáculo e do “povo na rua”: a organização dos grupos profissionais durante as manifestações brasileiras de junho de 2013 – Mara Rovida 21h30 – As manifestações na Turquia e no Brasil: a cidade como campo de cooperação entre os cidadãos – Deysi Cioccari 22h00 – Debate 22h30 – Encerramento Sábado – 19 de outubro - MANHÃ 09h00 – Abertura - Cláudio Coelho 09h15 – Os conceitos de Guy Debord sobre a cultura na sociedade do espetáculo – Jaime Carlos Patias 09h45 – COOPERIFA: Um evento cultural à margem do espetáculo? - Márcia Eliane Rosa e Juliana Vieira 10h15 – Debate 10h45 – Intervalo 11h00 – Cultura em chamas: quando não apenas os livros são queimados – Gilberto da Silva 11h30 – Espetacularização e teatralização para uma alta visibilidade num contínuo despolitizar da cultura - Synesio Cônsolo Filho 12h00 – O teatro contra o espetáculo? (parte 2) - Antonio Gonçalves Jr. (Antonio Duran) 12h30 – Debate 13h00 – Encerramento Sábado – 19 de outubro - TARDE 14h00 – Projetos culturais e educacionais em São Paulo: fontes espetaculares de investimento financeiro e social ou simulacros de contribuição ao desenvolvimento cultural paulistano? – Adriana Sá Moreira 14h30 – A Broadway não é aqui. Teatro musical no Brasil e do Brasil: uma diferença a se estudar – Gerson S. Esteves (Gerson Steves) 15h00 – Debate 15h30 – "Do surrealismo ao superespetáculo" – Fábio Cardoso Marques 16h00 – The enemy within: o heavy metal parasita a indústria cultural? – Gustavo Dhein 16h30 – Debate 17h00 – Encerramento

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Anat Cohen

 

A clarinetista israelense Anat Cohen é a convidada
da série Jazz Sinfônica +, no Auditório Ibirapuera


Clarinetista e saxofonista, a israelense Anat Cohen reside em Nova York e fala fluentemente o português. Curioso, se não fosse cada vez mais frequente encontrarmos músicos no cenário internacional rompendo as barreiras do idioma, levados por uma paixão comum: a música brasileira. Assim também é com a premiada artista convidada da Jazz Sinfônica – corpo artístico da Secretaria de Estado da Cultura - na série Jazz Sinfônica +, que acontece dias 20 e 21 de setembro, às 21h, no Auditório Ibirapuera.

Apaixonada por música brasileira, Cohen teve seu primeiro contato com os ritmos latino-americanos quando estudou na Berklee College of Music, em Boston. Mas foi depois de mudar-se para Nova York que a musicista estreitou seus laços com a música do Brasil. Principalmente com o choro, o samba e a bossa nova. Sobre essa influência em sua trajetória artística a própria Anat declara: "Os ritmos latinos abriram um mundo inteiro para mim e acrescentaram novas camadas de expressão em meu modo de tocar o jazz."

Elogiada por sua performance contagiante e vencedora do prêmio de clarinetista do ano, pela Associação de Jornalistas de Jazz, por seis anos consecutivos, Cohen faz sua estreia ao lado da Jazz Sinfônica. No concerto, sob a regência do maestro Fábio Prado, a clarinetista apresenta um repertório que mistura composições autorais com grandes clássicos da MPB, como "Bebê", de Hermeto Pascoal, e "Um a Zero", de Pixinguinha e Benedito Lacerda.  "Este será um concerto surpreendente, entre outras coisas, pela versatilidade da Anat como instrumentista e também como compositora. Teremos a chance de conhecer várias facetas dessa grande artista", destaca o maestro Fábio Prado.


SERVIÇO:
Jazz Sinfônica + Anat Cohen
Dias: 20 e 21 de setembro, às 21h
Local: Auditório Ibirapuera
Classificação etária: 10 anos
Duração: 90 minutos
Capacidade: 806 lugares
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)
Na bilheteria do Auditório Ibirapuera e através do site da

Ingresso.com ( www.ingresso.com.br)  ou pelo telefone 4003-2330
Bilheteria: Não abre na segunda-feira.
Terça a quinta das 11h às 18h
Sexta das 11h às 22h
Sábado das 9h às 22h
Domingo das 9h às 20h
Telefone: (11) 3629-1075

Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar recebe inscrições na seleção para mestrado e doutorado

 
Solicitação de isenção da taxa de inscrição pode ser feita até a próxima quarta-feira, dia 18 de setembro

Até o dia 9 de outubro, o Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) recebe inscrições para o processo seletivo de alunos regulares para os cursos de mestrado e doutorado.
O processo seletivo será composto por avaliação e arguição do projeto de pesquisa, análise de Currículo Lattes e exame de proficiência em língua estrangeira. Os candidatos aos cursos de mestrado também serão submetidos a uma prova escrita. A solicitação de isenção da taxa de inscrição pode ser feita até a próxima quarta-feira, dia 18 de setembro.
O PPGE atua nas linhas de pesquisa em Educação em Ciências e Matemática; Educação Escolar: Teorias e Práticas; Educação, Cultura e Subjetividade; "Estado, Política e Formação Humana; Formação de Professores e outros Agentes Educacionais; Novas Tecnologias e Ambientes de Aprendizagem; História, Filosofia e Sociologia da Educação; e Práticas Sociais e Processos Educativos.
Os procedimentos de inscrição, as etapas de avaliação, as linhas de pesquisa, a relação dos docentes e outras informações devem ser conferidos no edital, disponível na página do PPGE, em http://ppge.ufscar.br. Outros esclarecimentos podem ser obtidos pelo email secppge@ufscar.br ou telefone (16) 3351-8356.

P R I M A V E R A

P R I M A V E R A

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Teatro da Vertigem | seminário: Cidade em Cena


 
Cidade em Cena
 O Teatro da Vertigem realizará entre os dias 17 e 19 de setembro de 2013 o Ciclo de Palestras "Cidade em Cena". O evento contará com convidados reconhecidos em suas respectivas áreas de atuação, como o filósofo e professor Peter Pál Pelbart (17.9), a psicanalista e escritora Maria Rita Kehl (18.9) e o arquiteto e professor Luiz Recamán (19.9). As palestras acontecerão no Teatro TAIB - Teatro de Arte Israelita Brasileiro (Rua Três Rios, 246 | Bom Retiro) e contam com o apoio da Petrobrás, patrocinadora oficial do grupo. 
 O Ciclo integra o processo de pesquisa para a criação do novo espetáculo, com estreia prevista para o dia 29 de maio de 2014, em Bruxelas, Bélgica, como parte do projeto Villes en Scène, iniciativa do Teatro Nacional de Bruxelas, apoiada pelo Programa Cultura da União Européia. Na sequência da temporada, apresentações estão previstas nas cidades de Sibiu, na Romênia, e na 68 edição do Festival de Avignon, na França, em julho de 2014.   
 O objetivo do ciclo de palestras "Cidade em Cena" é discutir temas que sempre funcionaram como eixos de pesquisa do Teatro da Vertigem, nesse caso ampliados para garantir uma reflexão mais abrangente sobre a situação urbana mundial, incluindo a crise das cidades européias na atualidade. Os núcleos temáticos a serem desenvolvidos pelos palestrantes são o choque de civilizações, a satanização do outro e a bestialização das relações (Peter Pal Pélbart), a metrópole contemporânea e o imaginário urbano nas cidades em crise, tanto a europeia quanto a sul-americana (Luiz Recamán) e o ressentimento abordado pelo viés social, como afeto que se produz na interface entre a lei democrática e as práticas de dominação paternalistas (Maria Rita Kehl).
  
Serviço
"Cidade em Cena".
17 a 19 de setembro de 2013  às 20H00
Teatro TAIB - Teatro de Arte Israelita Brasileiro | Rua Três Rios, 246 - Bom Retiro
Informações: (11) 3255-2713 vertigem@teatrodavertigem.com.br
Entrada gratuita

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

FENACORDEL - FEIRA NACIONAL DO CORDEL E DA CULTURA POPULAR

 

PROGRAMAÇÃO FENACORDEL

Feira Nacional do Cordel e da Cultura Popular

ENTRADA FRANCA

 

 

Dia 13 de Setembro, sexta – 19h

Biblioteca Latino-Americana

·         Abertura oficial da FENACORDEL

·         Palestra "O Cordel no fogo cruzado da cultura"

Profª Vilma Mota Quintela (UFBA)

Marco Haurélio (Cordelista)

·         Abertura da Exposição "Imagem e Tradição"

·         Show com Aldy Carvalho

 

Dia 14 de Setembro, sábado – 10h

Praça Cívica

Abertura da FENACORDEL

11h00 – Palhaço Gelatina

11h30 – Cordelista

12h00 – Exibição do Filme "Lampião, Rei do Cangaço", Tenda do Circo Capadócia

12h00 – Palhaço Gelatina

12h30 – Cordelista

13h00 – Passagem de som

13h30 – Apresentação teatral "A saga de Berenice com seu boizinho encantado" (João Gomes de Sá), com Grupo Máscaras de Guaranésia

14h30 – Cordelista

15h00 – Exibição do Filme "A morte comanda o cangaço", Tenda do Circo Capadócia

15h30 – Palhaço Gelatina

16h00 – Cordelista

16h30 – Show de Sapiranga e Convidados

"Homenagem a João do Vale"


Dia 15 de setembro, domingo – 10h

Praça Cívica

Abertura da FENACORDEL

11h00 – Show Canto & Corda

        12h00 – Cordelista

        12h30 – Show Ibys Maceioh

13h30 – Show Rabo de Saia

        14h30 – Cordelista

15h00 – Exibição do Filme "Corisco, o diabo loiro", Tenda do Circo Capadócia

 

TODA PROGRAMAÇÃO TEM ENTRADA FRANCA!!!

 

FUNDAÇÃO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – São Paulo / SP

Tel. (11) 3823-4600

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Os Desafios da Mobilidade Sustentável

Os "Desafios da Mobilidade Sustentável" é o tema central da 19ª Semana Tecnologia Metroferroviária, que será realizada a partir da próxima terça-feira até sexta-feira pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô - AEAMESP, no Centro de Convenções Frei Caneca.

O tema mobilidade urbana – assunto das principais reuniões dos governos federal, estadual e municipal -, tem sido pauta constante de todas as edições da Semana de Tecnologia Metroferroviária, criada em 1995 pela AEAMESP.

Durante o congresso, que contará com 12 painéis e 44 trabalhos técnicos, autoridades, técnicos das operadoras, indústria e profissionais do setor de transporte debaterão questões importantes relacionadas à mobilidade urbana nas grandes e médias cidades e a adoção de propostas de soluções sustentáveis, sob os pontos de vista técnico, econômico, social e ambiental.

Paralelamente ao congresso, acontecerá a Metroferr, que na edição 2013, está com uma área maior para que os expositores divulguem suas marcas e mostrem o que há de mais moderno em termos de produtos e serviços para atender o mercado metroferroviário.

Programação 
 

10 de setembro de 2013 – terça-feira

12h00 – 14h00 - Credenciamento

Cerimônia de Abertura      -        14h00 – 15h00 

José Geraldo Baião  Presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô – AEAMESP

Aguinaldo Velloso Borges Ribeiro Ministro das Cidades – Ministério das Cidades

Jurandir Fernando Ribeiro Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos do Est. de São Paulo - STM

Luiz Antônio Carvalho Pacheco Presidente da Companhia do Metropolitano de São Paulo - METRÔ SP

Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira Presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos  – CPTM

Joaquim Lopes da Silva Júnior  Presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU

Luiz Valença de Oliveira Presidente da Via Quatro

Mário Fioratti Filho  Presidente da Associação Latinoamericana de Metrôs e Subterrâneos – ALAMYS

Ailton Brasiliense Pires Presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos – ANTP

Joubert Flores Presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos – ANPTrilhos

José Antonio Fernandes Martins Presidente do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários -Simefre

 

Coffee break...................................................................................................... 15h00

 

Palestra/Vídeo Institucional do CREA-SP................................................................. 15h30 – 15h45

 

PALESTRA DE ABERTURA:............................................................................... Os Impactos Econômicos, Sociais e Ambientais da Infraestrutura Insuficiente de Transportes............................................. 15h45

Palestrante: JORNALISTA - Washington Luiz Rodrigues Novaes

É colunista dos jornais "O Estado de S. Paulo" e "O Popular" (de Goiânia, onde vive). Consultor de jornalismo da TV Cultura de São Paulo, onde também é supervisor e comentarista do programa "Repórter Eco". Foi repórter, editor, diretor ou colunista em várias das principais publicações brasileiras: "Folha de S. Paulo", "O Estado de S.Paulo, "Jornal do Brasil", "Última Hora", "Correio da Manhã", "Veja" e "Visão". Acaba de realizar "Xingu, a terra ameaçada", nova série de documentários, com 16 episódios, para a TV Cultura de SP e Rede Pública de Televisão. Na Rede Globo, foi editor-chefe do Globo Repórter, editor do Jornal Nacional e comentarista do Globo Ecologia. Também atuou como comentarista de telejornais nas Redes Bandeirantes e Manchete.

 

11 de setembro de 2013 – quarta-feira

PAINEL 1:  Soluções para a Mobilidade nas Cidades....................... 9h00 – 10h20

 

  • As políticas e programas de incentivo a integração física e tarifária entre os modos de transporte
  • Os desafios para integrar o transporte local à rede metropolitana
  • Como racionalizar o transporte individual por meio de ações e incentivos que criem condições para maior adesão ao transporte coletivo
  • Como implantar a Lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana

Palestrantes:    Marco Antonio Vivas Motta - Semob

                           Nazareno Sposito Neto Stanislau Affonso – MDT

                           Ailton Brasiliense Pires – ANTP

Moderador:     Flávio Medrano de Almada – Metrô Rio

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h00 – 9h40

SALA   1 - T01

Indicadores do Mau Funcionamento em Tempo Real do Sistema de Ar Condicionado de Trens

Fornecer uma ferramenta (hardware e software) para detecção de desvios em um sistema de ar condicionado de trens de transporte de pessoas, fornecendo subsídios para a manutenção poder melhorar a gestão dos recursos e das competências e auxiliar o desenvolvimento de novos padrões de atuação. Com isso, poder-se-á predizer a ocorrência de uma eventual paralisação funcional dos circuitos frigoríficos, evitando transtornos aos passageiros durante a operação comercial, dessa forma, possibilita-se que a equipe de manutenção faça a preditiva, planejando a manutenção de acordo com as taxa de vazamento de fluido, a demanda de atividades e a situação de outros circuitos.

 

Autores:          Jackson de Carvalho Galocha, Luis Carlos Rebelo                              METRÔ SP

Coordenador:        Antonio Márcio Barros Silva

 

SALA   4 - T02

RFID e os Novos Desafios da Manutenção

Otimização dos processos de gestão de manutenção, permitindo o início da implementação da gestão de ativos.

 

Autores:   Marcos Fernandes Gaspar, Adilson Pereira dos Santos, Carlos Adriano Perez Pinto, José Carlos Mora, Luis Eduardo Argenton                                                                METRÔ SP

Coordenador: Luiz Eduardo Argenton

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h40 – 10h20

SALA   1 - T03

DZV - Desembarque Zero para Via

Reduzir significativamente o tempo de reboque de trem com trem da série 7000 da CPTM, com o trem que estiver mais próximo do trem avariado, eliminando o desembarque de empregados para via para realizar os procedimentos de reboque e consequentemente o desembarque de usuários. Através de um sistema de rápida aplicação, fácil execução e seguro.

 

Autores:        Carlos Alvaro Guimarães, Gustavo Henrique Lucas Jaquie, Paulo Henrique Cardoso Mota                                                                                                                           CPTM

Coordenador:        Antonio Márcio Barros Silva

 

SALA   4 - T04

O CBTC e a Otimização dos Tempos de Implantação e dos Custos de Operação

Autor:            Thomaz Aquino                                                                                                              THALES

Coordenador:        Luiz Eduardo Argenton

 

Coffee break...................................................................................................... 10h20

 

PAINEL 2:    Como Acelerar a Implantação dos Empreendimentos Metroferroviários................................................................................                 10h40 - 12h00

 

  • Processo de licenciamento ambiental dos empreendimentos
  • Alternativas para superar a carência de mão de obra e equipamentos
  • Legislação e normas de contratação
  • Formas de contratações
  • Gestão de riscos
  • Planejamento: como a falta de projetos ou a falha na execução de projetos prejudicam a celeridade dos empreendimentos

 

Palestrantes: Eric Huot - VEGA

                          Luciano Tani - SINAENCO

                          Joubert Flores – ANPTrilhos

Moderador:   Marco Antônio Buoncompagno – METRÔ SP

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 10h40 – 11h20

SALA   1 - T05

Apresentação dos Novos Trens da Linha 5 - Lilás.

Apresentar as principais características dos novos 26 trens a serem fornecidos ao Metrô para a operação na expansão da linha 5 – Lilás.

 

Autores:        Claudio Roberto Valentim, Felipe Copch, Tadeu Ribeiro Silvestre, Rodrigo Ismail Miguel                                                                                                                  METRÔ SP

Coordenador:        Carlos Augusto Rossi

 

SALA   4 - T06

Custos de Operação dos Sistemas sobre Trilhos: Comparações Internacionais.

O trabalho objetiva otimizar, através de um método de comparação internacional, a aplicação de recursos financeiros na operação, manutenção e administração dos sistemas sobre trilhos no Brasil.

 

Autor:            Fernando de Senna Bittencourt                                                                       CBTU

Coordenador:                                                                                                                               Lauro Jorri Neto

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 11h20 – 12h00

SALA   1 - T07

Validação do Monotrilho até a sua Entrada em Operação

Apresentar todos os testes do material rodante para garantir a operação comercial de forma segura.

 

Autores:        Adalberto de Paula Ramos, Ivan Maestrelli, Filipe Canassa Venâncio, Antonio Dias Filho, Gustavo Ribeiro Testa                                                                          METRÔ SP

Coordenador:        Carlos Augusto Rossi

 

 

SALA   4 - T08

Desafios Brasileiros para uma Mobilidade Urbana Sustentável e Inclusiva

Autor:            Dr. Paulo Resende                                                                                        VIA QUATRO

Coordenador:                                                                                                                               Lauro Jorri Neto

 

Intervalo para almoço.............................................................................. 12h00 – 13h30

 

PAINEL 3:    Aspectos Técnicos da PPP Integral na Consecução de Projetos Metroferroviários...................................................................................................... 13h30 – 15h00

 

  • Identificação e compartilhamento dos riscos de implantação
  • Experiência internacional de PPP com obra civil
    • Tendências e aspectos estratégicos da participação privada em infraestrutura e operação de sistemas de transportes sobre trilhos
    • Aspectos regulatórios:    como o poder concedente exercerá a fiscalização da construção e da operação?

 

Palestrantes:      Pedro Pereira Benvenuto - Secretaria de Planejamento do Estado de São Paulo

                               Rodrigo Carnaúba – Odebrecht

                               Carlos Magno de Abreu Neiva – Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões – STM

Moderador:        José Eduardo Castello Branco - Consultor

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 13h30 – 14h15

SALA   1 - T09

Desempenho e Qualidade Assegurados com a Implantação de Novas Tecnologias - Trem do Monotrilho da Linha 15-Prata

Apresentar as principais inovações tecnológicas que desembarcaram junto à concepção deste novo modal de transporte, bem como, demonstrar a estágio atual do processo da fabricação dos Trens do Sistema Monotrilho da Linha 15 - Prata.

 

Autores:        Flavio Infanti e, Murilo Mascarenhas                                                         METRÔ SP

Coordenador:................................................................................................................................ Valter Belapetravicius

 

SALA   4 – T10

A Ordenação do Espaço Urbano pela Adoção de Novos Padrões de Acessibilidade - Sistema de Transporte e Uso do Solo Urbano

 

Autores:        Andreina Nigriello e Rafael Henrique de Oliveira - Emplasa

Coordenador:................................................................................................................................ Sergio Guedelha Coutinho

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 14h15 – 15h00

SALA   1 – T11

Estudo em Subsistemas de Frenagem Metroviária no METRÔ SP: Análise das Propriedades Tribológicas e Reológicas das Estruturas Metálicas Contidas nos Discos de Freio, com Aplicações em Espuma de Alumínio.

Este projeto tem como objetivo a definição dos parâmetros de fabricação e teste para freios metroferroviários utilizados atualmente na Companhia do Metropolitano de São Paulo S/A presentes na linha 5-Lilás, inserido dentro de um contexto do metrocarro modelo A48. As estruturas de sanduíche de alumínio (AFS) são leves e possuem alta resistência, começaram a ser fabricadas na Alemanha em 1992 e foram sendo aperfeiçoadas, no momento existem aproximadamente 150 institutos de pesquisa que realizam estudos a respeito deste material, em todo o mundo, sendo três deles, aqui no Brasil, nas quais, são eles: UNICAMP/LAMPS ; UFRGS/LdTM ; DCTA/IEAv/EFO - Divisão de Fotônica.

 

Autores:        Marcos Augusto Toassa Fontealba e Larissa Ferreira Barbosa           METRÔ SP

Coordenador:................................................................................................................................ Valter Belapetravicius

 

 

SALA   4 – T12

Soluções Integradas de Telecomunicações Metroferroviárias

Autor:                Alcedir Goulart                                                                                ALCATEL-LUCENT

Coordenador:................................................................................................................................ Sergio Guedelha Coutinho

 

Coffee break........................................................................................................ 15h00

 

PAINEL 4:    Impactos e Benefícios do Transporte de Cargas sobre Trilhos para a Melhoria da  Mobilidade Urbana................................................................. 15h30 – 17h00

  • A migração do transporte de carga para os trilhos
  • A importância da criação de centros logísticos
  • A implantação de anéis ferroviários e linhas segregadas
  • Os benefícios do aumento do uso da ferrovia para as cidades

 

Palestrantes:      José Luís Demeterco                                                                                    Brado Logística

                               Jean Mafra Reis         -     ANTT

                               Christian Marra          -  Transport - Consultoria & Projetos

Moderador:        Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 15h30 – 16h15

SALA   1 – T13

Desenvolvimento de um Sistema Integrado para Aquisição, Tratamento e Gerenciamento de Medidas de Composições Ferroviárias.

Neste trabalho é apresentado o estágio de desenvolvimento atual do projeto de um sistema integrado para aquisição, transmissão, processamento de sinais e alimentação de um banco de dados de medidas feitas em composições ferroviárias.

 

Autores:               João Carlos Sávio Cordeiro e Sérgio Inácio Ferreira - Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo – IPT

Coordenador:   Wilson Nagy Lopretto

 

SALA   4 – T14

Análise da Emissão de CO2 em Sistemas Metroviários

O objetivo deste trabalho é analisar a emissão de CO2 por sistemas metroviários, apresentar as diferentes abordagens adotadas por pesquisadores e por alguns sistemas metroviários em todo mundo e mostrar possíveis ações de mitigação dos impactos ambientais.

 

Autores:            Carlos Eduardo Sanches de Andrade                                               METRÔ RIO

                            Márcio de Almeida D'Agosto                                                               COPPE/UFRJ

Coordenador: Cacilda Bastos Pereira da Silva

 

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 16h15 – 17h00

SALA   1 – T15

Critérios de Seleção de Sistemas de Sinalização CBTC

A necessidade da aquisição de sistemas de sinalização CBTC por parte das operadoras, seja para equipar novas linhas, seja para a renovação de sistemas de sinalização de linhas já existentes, esbarra na diversidade de sistemas deste tipo disponíveis no mercado. Cada fornecedor implementa as especificações CBTC, que são normatizadas, de uma forma particular.Este trabalho propõe uma metodologia para a seleção de sistemas CBTC baseada em critérios relevantes da arquitetura destes sistemas, analisados pelos contextos dos requisitos de desempenho, de operação e de manutenção das operadoras.

 

Autores:            Rubens Navas Borloni e George Eduardo Gomes de Faria           METRÔ SP

Coordenador: Wilson Nagy Lopretto

 

SALA   4 – T16

Monitoramento Ambiental das Obras da Linha 17 - Ouro

Apresentar a metodologia utilizada e resultados obtidos no monitoramento ambiental das obras de implantação da Linha 17 – Ouro, da Companhia do Metropolitano de São Paulo.

 

Autores:     Carlos Augusto Dias de Faria, Marcus Vinícius Aires Gomes de Souza, Regina Célia Paz Cavalcante e Rodrigo Sávio de Mattos Takahashi                                    METRÔ SP

Coordenador: Cacilda Bastos Pereira da Silva

 

12 de setembro de 2013 – quinta-feira

 

PAINEL 5 : Monotrilhos e Seus Desafios.......................................................... 9h00 – 10h20

 

  • Aspectos tecnológicos em implantação e a serem desenvolvidos para monotrilhos
  • Dificuldades na implantação da obra civil e de sistemas
  • Requisitos para operação e manutenção

Palestrantes:    Paulo Sergio Amalfi Meca                                                                           METRÔ SP

                            Eduardo Curiati                                                                                               METRÔ SP

                            David Turbuk                                                                                                   METRÔ SP

                            Argimiro Alvarez Ferreira                                                                             METRÔ SP

Moderador:     Walter Ferreira de Castro Filho                                                                                METRÔ SP

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h00 – 9h40

SALA   1 – T17

Baterias do Metrocarro - Reutilização em Sistemas de Energia Estacionários

Reaproveitamento dos conjuntos de baterias removidos durante modernização dos trens das frotas das 108/198 da Linha 1-Azul Mafersa e Cobrasma da Linha 3-Vermelha, reutilizando-os em sistemas de energia estacionários.

 

Autores:            Luiz do Nascimento Pereira Junior, René da Silva Bizarro, Amauri Juvenal Machado                                                                                                                                    METRÔ SP

Coordenador: Manoel da Silva Ferreira Filho

SALA   4 – T18

Estudos Integrados de Fluxos e Respectivas Estratégias Operacionais para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014

Desenvolver estudos integrados envolvendo a identificação de estações prioritárias, no sistema metroviário de São Paulo, para a criação de simulação de roteiro e comunicação visual temporária para a realização do evento Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, a ser realizado no Brasil, com abertura e seis jogos previstos para a Arena São Paulo, na zona leste da cidade de São Paulo.

 

Autora:             Melissa Belato Fortes                                                                                  METRÔ SP

Coordenador:  Maria Toshiko Yamawaki

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h40 – 10h20

SALA   1 – T19

O Banco Mundial no Acompanhamento Ambiental das Obras do Metrô

Externar à comunidade metroviária o papel do Banco Mundial, órgão internacional de financiamento de projetos públicos, no acompanhamento ambiental das obras metroviárias (Linhas 4- Amarela e 5 - Lilás).

 

Autores:            Paulo Augusto Bittencourt M. Silva, Marcio Cerqueira Batistuti, Eduardo Alves Cyrino e Maria Anides J. Silva                                                                                METRÔ SP

Coordenador: Manoel da Silva Ferreira Filho

 

SALA   4 – T20

Retrofit de Comutadores e Acessórios em Transformadores de Potência para Diminuição das Intervenções de Manutenção em Subestações Primárias em Sistemas Metroferroviários

Autor:                Ricardo Ceribelli Lopes                                                                        MR DO BRASIL

Coordenador:  Maria Toshiko Yamawaki

 

 

Coffee break.................................................................................................................................. 10h20

 

 

PAINEL 6:    Soluções Sustentáveis na Construção e Operação de Sistemas Metroferroviários...................................................................................................... 10h40 – 12h00

 

  • Gestão ambiental na construção civil
  • Energia renovável e geração descentralizada de energia elétrica
  • Certificação ambiental nos sistemas metroferroviários

Palestrantes:    Flávio Leal Maranhão                                                                                   Odebrecht

                            Milton Flávio Lautenschaläger                                            Secretaria de Energias Renováveis

                            João Batista Ribeiro Neto                                                                             METRÔ SP

Moderador:     Nelson Sheji Kawakami                                                                                  METRÔ SP

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 10h40 – 11h20

SALA   1 – T21

Geometria e Superestrutura de Via Permanente para Trens Regionais: Uma Abordagem para Manutenção

O objetivo é conceituar as principais questões de geometria e de superestrutura diferentes à Via Permanente tradicional, sobre a visão da manutenção em projetos de ligações regionais.

 

Autor:                Elcio Kazuaki Niwa                                                                                           CBTU

Coordenador:  Mara Silvana Siqueira

SALA   4 – T22

Soluções Modernas de Metrô para Média e Alta Capacidade

Autor:                Cristiano Alves de Oliveira                                                                                         ALSTOM

Coordenador:         Arnaldo Pinto Coelho

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 11h20 – 12h00

SALA   1 – T23

Sistema de Monitoramento de Via (SMV)

Auxiliar a tomada de decisões na Via Permanente (VP) das ferrovias da Valor da Logística Integrada (VLI) através do desenvolvimento de um sistema de gerenciamento da manutenção de via (TMMS – Track Maintenance Management System), intitulado  Sistema de Monitoramento de Via (SMV).

 

Autores:     Maurício Teixeira de Oliveira Sotero, Cláudio César Ferreira Ale Almeida. Diogo Vinícius Dias Peçanha, Ricardo Ribeiro de Almeida, Álvaro César Leão Teixeira e Leandro Gonçalves Rodrigues                                                 Ferrovia Centro Atlântica-FCA

Coordenador:                                                                                                                                  Mara Silvana Siqueira

 

SALA   4 – T24

Diferenças entre Superestrutura e Subestrutura Resiliênte: Previsões Indicativas de Vibração Originadas do Solo com Base no Modelo Pipe-In-Pipe de Cambridge University

Autor:                Sr. Kevin Bo Gatzwiller                                                          CAMBRIDGE UNIVERSITY

Coordenador: Arnaldo Pinto Coelho

 

 

Intervalo para almoço.............................................................................. 12h00 – 13h30

 

 

PAINEL 7:    O Papel das Universidades e Empresas na Formação Complementar Específica para o Setor................................................................ 13:30 - 15:00

 

  • Análise do cenário de mão de obra no Brasil para atender a demanda de projetos no setor metroferroviário
  • Como enfrentar a questão da aposentadoria de profissionais experientes e capacitar novas pessoas?
  • Parcerias entre operadoras, empresas e universidades.

Palestrantes:             Manoel Mendes                                                                                     Cepefer

                                      Alexsandra Salles                                                                                              Vale

Moderador:               Alfredo Falchi Neto                                                                                           METRÔ SP

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 13h30 – 14h15

SALA   1 – T25

Projetos de Automação na Linha de Soldagem do Estaleiro de Soldas da VLI

De maneira a diminuir o número de operações de içamento de carga de forma que fossem melhoradas as condições de segurança do Estaleiro de Soldas da VLI, foram desenvolvidos três novos equipamentos de automação.

 

Autores:        Leandro Fonseca Ribeiro, Felipe Stiegert Lage, Jean Carlos Espindola, Alexandre Fontes Pereira e Cesar de Castro Toniolo                            Ferrovia Centro Atlântica

Coordenador:                                                                                                     Christian Becker B. de Abreu

 

SALA   4 – T26

BIM - Casos de Implementação

Serão apresentados casos reais de implementação BIM para as diferentes etapas de projeto: estudo conceitual, projeto, construção e manutenção. Será apresentado também o plano de trabalho proposto pela Frazillio Ferroni para viabilizar a implementação de BIM, cobrindo desde softwares, capacitação da equipe, definição da metodologia de trabalho e padrões, até o acompanhamento da equipe em um projeto assistido.

 

Autor:                  Marco Antonio Brasiel Sampaio                                                     Frazillio e Ferroni

Coordenador:    Ronaldo Rochoa

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 14h15 – 15h00

SALA   1 – T27

Utilização de Dados de Histórico na Manutenção Preditiva de Equipamentos Elétricos, Eletrônicos e Programáveis em Aplicações Metroferroviárias

O principal objetivo do trabalho é apresentar um modelo que permita orientar a manutenção preditiva de sistemas de aplicação metroferroviária (por exemplo, no domínio de Sinalização e Controle) baseados em componentes elétricos, eletrônicos e programáveis a partir do uso de seus respectivos dados de histórico de operação.

 

Autores:            Antonio Vieira da Silva Neto e Paulo Sérgio Cugnasca          Politécnica-USP

Coordenador:                                                                                                     Christian Becker B. de Abreu

 

SALA   4 – T28

Sistemas de Recuperação de Energia: Tecnologias e Benefícios

Serão apresentadas as diferentes tecnologias disponíveis para aproveitar a energia da frenagem regenerativa em sistemas ferroviários, além de explorar os benefícios obtidos pelos operadores que as adotam.

Autores:        Caio Ricardo Luchesi e Márcio Prado Teixeira                                      SIEMENS

Coordenador:                                                                                                                    Ronaldo Rochoa

 

 

Coffee break........................................................................................... 15h00 – 15h30

 

PAINEL 8:  Os Desafios para o Domínio de Novas Tecnologias nos Sistemas Metroferroviários............................................................................... 15h30 – 17h00

 

  • Como adquirir o domínio de novas tecnologias para garantir a operação?
  • Conteúdo próprio de tecnologia:  como o Brasil está se preparando para fomentar esta formação?
  • Quais são as dificuldades na manutenção de novas tecnologias?
  • Habilitação e capacitação de pessoal
  • Qualidade de fornecimento

 

Palestrantes:    Mário Fioratti Filho                                                                                          METRÔ SP

                            Ued Andril                                                                                                         VALE

                            Plínio Osvaldo Assmann                                                                               Consultor

Claudio Violato                                                                                   CPqD

Moderador:     Luís Augusto Valença de Oliveira                                                                         Via Quatro

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 15h30 – 16h15

SALA   1 – T29

Energia Fotovoltaica: Viabilidade de Implantação no Metrô SP

Apresentar o panorama mundial do estado da arte de energia solar fotovoltaica,como os países europeus estão aderindo a esta modalidade de fonte energética, gerações atualmente em operação no território brasileiro e a viabilidade de implantação no Metrô SP.

 

Autores:        Fabio dos Santos, Laércio Monteiro Junior, Ivan Lubarino P. dos Santos e Massaru Saito                                                                                                                                                         METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                           Antonio Fiorati

SALA   4 – T30

Concepção do Sistema de Controle de Acesso das Estações da CPTM para Melhoria do Fluxo de Passageiros Concepção de um Sistema de Controle de Acesso para Otimização de Fluxo de Passageiros nas Estações da CPTM.

 

Autores:     Danilo Temerloglou de Abreu, Edson Luiz Belluomini e Fábio Cândido dos Santos CPTM

Coordenador:  Bárbara Ramos Coutinho

 

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 16h15 – 17h00

SALA   1 – T31

Estudo de Caso de Carregamento do Sistema Elétrico de Tração da Linha 9 – Esmeralda

O objetivo do presente estudo é desenvolver uma nova metodologia de simulação elétrica que permita uma análise rápida das diferentes situações de carga, possibilitando um melhor ajuste das proteções, bem como a compreensão das situações limites de suportabilidade de alguns componentes. Este novo método é baseado em informações obtidas através de medições de campo e não depende de informações de caraterísticas civis da via e mecânicas dos trens para realizar uma simulação do sistema de alimentação elétrica da tração, possibilitando a análise de cenários operacionais futuros e/ou de contingência.

Para tal foi escolhida a linha 09 Esmeralda da CPTM, que conforme apresentado, encontra-se em situação crítica.

 

Autores:     Alberth José Silva Souto, Rodrigo Tadeu Bernardes, Tomás Toledo Arruda e Cassiano Lobo Pires                                                                                                                    CPTM

Coordenador:                                                                                                                           Antonio Fiorati

 

SALA   4 – T32

Estudos de Caso sobre o Uso das Mídias Sociais na Melhoria da Viagem do Usuário

Apresentar como os usuários se apropriaram dos novos canais de relacionamento - Redes Sociais e SMS-Denúncia - para promover melhorias na sua viagem e como o Metrô ajustou seus processos operacionais e promoveu novas iniciativas de relacionamento com esse público para atender e reforçar essas demandas.

 

Autores:     Wilmar Fratini, Cecilia Guedes, Marcos Leodoro Borges e Fernando Moreno   METRÔ SP

Coordenador: Bárbara Ramos Coutinho

 

 

13 de setembro de 2013 – sexta-feira

 

PAINEL 9: Projetos de VLTs em Estudo e Implantação no Brasil... 9h00 - 10h20

 

  • Projetos a diesel no Nordeste
  • Sistemas eletrificados
  • Experiências a serem compartilhadas
  • Soluções e alternativas para mobilidade

Palestrantes:    Francisco Carlos Caballero Colombo                                                                             CBTU

                            Joaquim Lopes da Silva Júnior                                                                  EMTU

                            Maurício de Souza Guimarães                   Secretaria Extraordinário da Copa do Mundo de 2014, Governo de Mato Grosso (VLT de Cuiabá)

Moderador:     Peter Ludwick Alouche                                                                                 Consultor

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h00 – 9h40

SALA   1 – T33

Aplicação da Técnica de Análise do Valor Agregado para Monitoramento e Controle do Desempenho de Projetos na Gerência de Manutenção do Metrô de São Paulo

Apresentar a aplicação da Técnica de Análise do Valor Agregado customizada para o cenário de contratações que apresentam eventos de pagamento distintos para entrega de produtos e empenho de mão de obra na Administração Pública.

 

Autora:         Sandra Regina Santos Di Pilla Arruda                                                         METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Ariovaldo Ferraz de A. Veiga

SALA   4 – T34

Desbravando a Metodologia de Ensino à Distância na Manutenção de Equipamentos do Metrô SP

Discutir a importância de se ampliar o modelo de capacitação do quadro de empregados, utilizando as vantagens da educação à Distância.

Este trabalho apresenta as etapas, métodos de trabalho, resultados, análise e recomendações do projeto de aplicação piloto de treinamentos que utilizam a metodologia de EaD na capacitação do quadro técnico do MTR, MTS e MTO.

Relatar os resultados do Projeto e a experiência da equipe que compôs o Grupo de trabalho, nas dimensões: Tecnológicas, Político-administrativas e Pedagógicas, no sentido de subsidiar a continuidade da implantação da metodologia EaD na GMT. 

 

Autores:        Marilisa Pinto França Battiato, Edson Luis Pereira, Marcos Alessandro Diniz e Fernando Amaral                                                                                                                 METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Paulo Madeira de Carvalho

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 9h40 – 10h20

SALA   1 – T35

A Importância do Contrato de Integração no Gerenciamento do Projeto

Apresentar os desafios e os recursos que uma equipe dedicada para a Integração dos sistemas pode propiciar para o Gerente de Projetos.

 

Autor:                Mohamed Choucair                                                                                    METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Ariovaldo Ferraz de A. Veiga

 

SALA   4 – T36

Desenvolvimento e Utilização de Simuladores Virtuais Interativos na Formação de Técnicos de Restabelecimento de Sistemas Metroviários do Metrô de São Paulo

Este trabalho tem como objetivo relatar a experiência de formação de técnicos de restabelecimento de sistemas metroviários participantes do projeto piloto de Educação a Distância na Gerência de Manutenção do Metrô de São Paulo, promovido e desenvolvido através de uma parceria entre a GMT e a Universidade Corporativa do Metrô – UNIMETRO,  que tinha como principais objetivos "Desenvolver e implantar estratégias de capacitação que privilegiem a Educação a Distância – EaD,  utilizando  Tecnologias de Informação e Comunicação – TIC, visando atender as demandas atuais e futuras de capacitação e formação continuada dos profissionais da CMSP e estimular a cultura de utilização das TIC e dos AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem - para a gestão da informação visando à preservação, disseminação e produção de conhecimento." (UNIMETRO, 2012).

 

Autores:        Flávio dos Santos Sapucaia, Raquel Anderman, Marcio Massami Nakasone, Vagner Dias da Silva, Nivaldo Matias da Silva e Viriato Martins Morgado      METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Paulo Madeira de Carvalho

 

 

Coffee break...................................................................................................... 10h20

 

 

PAINEL 10:  Planos e Projetos para Implantação de Trens Regionais 10h40 – 12h00

 

  • Projetos em andamento
  • Desafios físicos e logísticos para a implantação
  • Novas alternativas para substituição do transporte aeroviário e rodoviário

 

Palestrantes:             Guilherme Quintela                                                                             EDLP

                                      Manoel Seabra Rodrigues Bandeira                                                           CPTM

                                      Jorge Bastos                                                                                            ANTT

Moderador:               Vicente Abate                                                                                        ABIFER

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 10h40 – 11h20

SALA   1 – T37

Gerenciamento do Risco do Empreendimento - Complementação da Obra Civil da Linha 4 – Amarela

Apresentar de forma didática os principais passos para elaboração de uma Matriz de Risco para lidar com as incertezas que possam afetar os objetivos do empreendimento, identificando as causas e ações que influenciam diretamente no sucesso dos resultados pretendidos, tais como as atividades da organização, os planos estratégicos, táticos e operacionais com abordagem nas metas, prazos, custos, projetos, metodologias, processos, segurança, meio ambiente, fatores externos, etc..

 

Autores:        Miriam Marcatto de Abreu, Ayres R. Gonçalves                                      METRÔ SP

                        Luiz Stopp                                                                                                                               Corsan/Isolux

Coordenador:                                                                                                                             Rolando José Santoro Netto

SALA   4 – T38

 

Autores:        Laurindo Junqueira Martins                                                                           METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Emilliano Stanislau Affonso Neto

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 11h20 – 12h00

SALA   1 – T39

Vigas Guias nos Monotrilhos do Metrô SP: Fabricação, Logística e Precisão

 

Autores:        José Arapoty Frare Camargo Prochno, Cybele Vasconcelos De Azevedo, Alessandro Godoy Coelho, Fábio de Oliveira e Soares, Carlos Augusto Rossi       METRÔ SP

Coordenador:                                                                                                                             Rolando José Santoro Netto

 

SALA   4 – T40

Sustentabilidade na Linha 4 – Amarela do Metrô de São Paulo

 

Autores:            Ivan L. Piccoli dos Santos e Juliana Abreu                                       VIA QUATRO

Coordenador:                                                                                                                             Emilliano Stanislau Affonso Neto

 

 

Intervalo para almoço............................................................................ 12h00 – 13h30

 

 

PAINEL 11:  Planos de Expansão para o Transporte Urbano de Passageiros no Brasil....................................................................................................... 13h30 – 15h00

 

  • Ações concretas para a implantação de novos projetos nas cidades
  • Perspectivas de curto e médio prazo

 

Palestrantes:        Rômulo dos Santos Fortes                                                                        Metrofor

                                 Rodrigo Goulart de Oliveira Vieira                    Secretaria Adj. de Proj. Especiais da Casa Civil do Governo do Rio de Janeiro ,

                                 Humberto Kasper                                                                                       Trensurb

Moderador:          Luiz Antonio Carvalho Pacheco                                                            METRÔ SP

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 13h30 – 14h15

SALA   1 – T41

Integração dos Sistemas - Filosofia e Concepção de Projeto UTO para Monotrilhos. CBTC/UTO da Linha 15-Prata

 

Autores:        Rubens Navas Borloni, Rodrigo Filev Maia, Paulo Resende Lima e Rodrigo Neves dos Santos                                                                                                                   METRÔ SP

Coordenador:  Luís Antonio Rodrigues da Silveira

 

SALA   4 – T42

 

TRABALHOS TÉCNICOS.......................................................................................... 14h15 – 15h00

SALA   1 – T43

BIM Aplicado ao Metrô: Porque o Metrô está Investindo neste Novo Processo?

Aplicar o BIM (Building Information Modeling / Modelagem de informações da Construção) em todos os processos do Metrô. O Processo de projetar em BIM visa uma colaboração entre todas as áreas para o bem do projeto, facilitando a verificação de interferências, agilizando as decisões, extraindo informações e quantitativos do modelo e o uso na manutenção e operação pós-obra.

Será apresentado o projeto piloto de um poço de emergência com as disciplinas ali representadas, demonstrando seus ganhos, benefícios e pretensões do Metrô com este novo processo.

 

Autores:        Ivo Mainardi e Daniel Mozarte Saccomano                                             METRÔ SP

Coordenador:  Luís Antonio Rodrigues da Silveira

 

SALA   4 – T44

Soluções Metroferroviárias TEMPOTM

Autor:            George Eduardo Gomes de Faria                                                 General Electric – GE

Coordenador:                                                                                                               Paulo Celso Mano M. da Silva

 

Coffee break.................................................................................................................... 15h00 – 15h30

 

PALESTRA DE ENCERRAMENTO

 

Perspectivas Futuras de Expansão para o Setor Frente às Conjunturas Atuais

                          ................................................................................................................... 15h30 – 16h15

 

Palestrante: Jurandir Fernando Ribeiro Fernandes

                        Secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo - STM

 

Homenagens a Personalidades do Setor................................................................ 15h30 – 15h45

Resumo do Evento.......................................................................................................... 16h30 – 16h40

Cerimônia de Encerramento...................................................................................... 16h40 – 17h00

José Geraldo Baião – Presidente da AEAMESP

Jurandir Fernando Ribeiro Fernandes – Secretário dos Transportes Metropolitanos

Julio Eduardo dos Santos – Secretário Nacional de Mobilidade Urbana 


*Programa sujeito a alterações sem prévio aviso


Serviço

O quê: 19ª Semana de Tecnologia Metroferroviária e Metroferr 2013

Data: 10 a 13 de setembro de 2013

Horário dia 10: 14h00

Horário dias 11, 12 e 13: 9h00 às 17h00

Local: Centro de Convenções Frei Caneca

Endereço: Rua Frei Caneca, 596, 4º – São Paulo – SP