sexta-feira, 30 de abril de 2010

FW: Roda Viva - segunda-feira, 3 de maio de 2010 às 22h00 - transmissão pela Internet a partir das 21:00

Encaminhado por Nair Lúcia de Britto
 
Gabriel Bá e Fábio Moon
Quadrinistas

A falta de visibilidade e o pouco interesse do público brasileiro por obras próprias sempre dificultaram o surgimento de novos talentos no mundo dos quadrinhos. Mas o mercado brasileiro de HQ passa por uma nova fase. Artistas estão ganhando cada vez mais espaço em editoras nacionais e estrangeiras para publicar trabalhos originais.

Precursores de uma nova geração que tenta publicar material original no país e conquistar oportunidades de trabalho no seletíssimo universo dos HQs americanos e europeus, Gabriel Bá e Fábio Moon são adeptos da filosofia de que o quadrinista não pode depender de ter onde publicar para produzir.

O trabalho da dupla inclui uma adaptação para os quadrinhos da obra O Alienista, de Machado de Assis, vencedor do prêmio Jabuti, e 5 (Five), que conquistou o Eisner, o principal prêmio dos quadrinhos no mundo.

A dupla quebrou barreiras, derrubou preconceitos e conquistou o concorrido e cobiçado mercado internacional. O sucesso deles abre as portas e encoraja novos talentos no mundo dos quadrinhos.

Participam como convidados entrevistadores:
André Forastieri, jornalista; Érico Borgo, editor do site Omelete; Paulo Ramos, jornalista responsável pelo Blog dos Quadrinhos do portal UOL e professor de letras da Universidade Federal de São Paulo e Danilo Gentili, humorista e repórter do programa CQC da Band.
Colaboradores: Verônica Mambrini, colaboradora da Revista IstoÉ (http://twitter.com/vmambrini); Bárbara Vidal Aguiar, estudante de jornalismo (http://twitter.com/barbaravidal),
Paulo Henrique A. da Costa, programador da Polvora Comunicação (http://twitter.com/graveheart) e Jakelyne Lechinewski, fotógrafa e produtora de moda (http://www.flickr.com/jaklechi).

Apresentação: Heródoto Barbeiro

O Roda Viva é apresentado às segundas a partir das 22h00.
Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva
 


Veja todos os seus e-mails de diferentes contas com apenas um login. Veja como.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Exposição Brasil Africano

Diáspora–Quilombos–Território–População

 

Fotografias, mapas e vídeodocumentário compõem exposição sobre a territorialidade dos quilombos no Brasil

   

 

 

 

No dia 12 de maio/2010, a Galeria Térrea do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, em Brasília, recebe a Exposição "O Brasil Africano: Diáspora-Quilombos-Território-População – Mapas e Fotos", com pesquisa e organização do professor da Universidade de Brasília Rafael Sanzio. A exposição fica aberta à visitação até o dia 20 de junho/2010.

 

A mostra é composta de fotografias em preto-e-branco em grandes formatos, mapas cartográficos e do vídeodocumentário O Brasil Africano I. Traz também documentação cartográfica antiga e fotografias do século XIX, que contribuem de maneira significativa, para o entendimento da dinâmica da diáspora África-Brasil e os territórios de resistência constituídos pelos quilombos. A pesquisa foi realizada em várias comunidades e espaços africanos no Brasil, em arquivos públicos de instituições em países na Europa e África

 

“Este trabalho inédito nos apresenta a história dos quilombos como um projeto ancestral, do sentido de ser e viver solidário. A terra é sagrada e a luta ainda é a luta dos primeiros ancestrais bantos, para manter sob os pés o espaço de sobrevivência e resistência, pela liberdade e cidadania brasileira”, disse sobre a exposição a historiadora e educadora Vanda Machado.

Essa mostra constitui uma das atividades fundamentais do Projeto Geografia Afro-Brasileira: Educação & Planejamento do Território, desenvolvido no Centro de Cartografia Aplicada e Informação Geográfica da UnB. Tem como principal objetivo mostrar as interpretações geográficas e historiográficas das estruturas existentes na formação do Brasil e da sua população, tomando como referência os aspectos da herança africana no território brasileiro.

 A territorialidade dos quilombos, um dos eixos principais da mostra, durante os quase quatro séculos de sistema escravista existente no território brasileiro, estiveram registrados particularmente nos espaços de desenvolvimento e expansão de atividades econômicas ligada à colônia e pressões internacionais vindas da Europa. Mais de 120 anos já se passaram da assinatura da Lei Áurea e as comunidades descendentes e remanescentes das populações de matriz africana que se territorializaram, por distintos processos fundiários, no espaço rural e nas periferias urbanas do Brasil continuam com uma referência de espaços de resistência, sobretudo, pela sua exclusão ainda, do sistema oficial.

As pesquisas revelaram a existência de mais de 3 mil registros de comunidades quilombolas, distribuídas por todas as grandes regiões geográficas do país. A concentração se processa, principalmente na Região Nordeste, nos estados do Maranhão e Bahia; na Região Norte, no estado do Pará; no Sudeste nos estados de Minas Gerais e São Paulo e no Sul do Brasil, no Rio Grande do Sul.

Para o professor Rafael Sanzio, o objetivo da exposição é contribuir para a ampliação das informações, sobretudo para minorar o preconceito secular associado aos quilombos e às populações de matriz africana no Brasil. “Importante não perder de vista que o Brasil Contemporâneo é o que é, porque teve e tem no seu território, na sua sociedade e nas suas manifestações culturais e cotidianas, a referência da África, mantida e resistida pelas populações da diáspora“, disse.

A maioria do material de pesquisa da mostra faz parte do livro Quilombos: Geografia Africana-Cartografia Étnica-Territórios Tradicionais (ANJOS, R.S. 2009).

 

A exposição, que conta o patrocínio da UnB e da Petrobras, terá visitas monitoradas. Para agendamento das visitas é só ligar para 61 - 3325-6410 / 3325-5220

 

Serviço:

Inauguração: 12/05/2010 – 19h

Local: Salão Térrio do Museu Nacional da República, Brasília

Período – 12/05/2010 a 13/06/2010

Horário de visitação: Terça a domingo, das 9 às 18h

 

A ARTE É UM DOM DE DEUS, PARA SER USADA PARA O BEM...

 

ARTE PURA


"A ARTE PURA É A MAIS ELEVADA CONTEMPLAÇÃO

ESPIRITUAL POR PARTE DAS CRIATURAS.

ELA SIGNIFICA A MAIS PROFUNDA EXTERIORIZAÇÃO

DO IDEAL, A DIVINA MANIFESTAÇÃO DESSE "MAIS ALÉM",

QUE POLARIZA AS ESPERANÇAS DA ALMA.


"O ARTISTA VERDADEIRO É SEMPRE O "MÉDIUM" DAS

BELEZAS EXTERNAS E O SEU TRABALHO, EM TODOS

OS TEMPOS, FOI TANGER AS CORDAS MAIS VIBRÁTEIS

DO SENTIMENTO HUMANO, ALÇANDO-O DA TERRA

PARA O INFINITO E ABRINDO, EM TODOS OS CAMINHOS,

A ÂNSIA DOS CORAÇÕES PARA DEUS,

NAS SUAS MANIFESTAÇÕES SUPREMAS DE BELEZA,

DE SABEDORIA, DE PAZ E DE AMOR.


"OS ARTISTAS, COMO OS CHAMADOS SÁBIOS DO MUNDO,

PODEM ENVEREDAR, IGUALMENTE, PELAS CRISTALIZAÇÕES

DO CONVENCIONALISMO TERRESTRE, QUANDO NOS SEUS

CORAÇÕES NÃO PALPITE A CHAMA DOS IDEAIS DIVINOS,

MAS, NA MAIORIA DAS VEZES, TÊM SIDO GRANDES MISSIONÁRIOS

DE IDÉIAS, SOB A ÉGIDE DO SENHOR, EM TODOS OS DEPARTAMENTOS

DA ATIVIDADE QUE LHES É PRÓPRIA, COMO A LITERATURA,

A MÚSICA, A PINTURA E A PLÁSTICA.


"SEMPRE QUE A SUA ARTE SE DESVENCILHA DOS INTERESSES

DO MUNDO, TRANSITÓRIOS E PERECÍVEIS, PARA CONSIDERAR

TÃO SOMENTE A LUZ ESPIRITUAL QUE VEM DO CORAÇÃO UNÍSSONO

COM O CÉREBRO, NAS REALIZAÇÕES DA VIDA, ENTÃO O ARTISTA

É UM DOS MAIS DEVOTADOS MISSIONÁRIOS DE DEUS, PORQUANTO

SABERÁ PENETRAR OS CORAÇÕES NA PAZ DA MEDITAÇÃO E

DO SILÊNCIO, ALCANÇANDO O MAIS ALTO SENTIDO DA EVOLUÇÃO

DE SI MESMO E DE SEUS IRMÃOS EM HUMANIDADE."


"O ARTISTA DE UM MODO GERAL, VIVE QUASE SEMPRE

MAIS NA ESFERA ESPIRITUAL QUE PROPRIAMENTE NO

PLANO TERRESTRE."


"TODAS AS EXPRESSÕES DE ARTE NA TERRA REPRESENTAM

TRAÇOS DA ESPIRITUALIDADE, MUITAS VEZES ESTRANHOS

À VIDA DO PLANETA."

Trechos do Livro "O CONSOLADOR", págs. 100, 101 e 104

De Francisco Cândido Xavier

Ditado pelo Espírito de Emmanuel.


Encaminhado por: Nair Lúcia de Britto.


 

FW: CineSESC estreia "O Desafio de Jean de La Fontaine"

 
Encaminhado por Nair Lúcia de Britto
       

  

O DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE

(Jean de La Fontaine - Le Défi)

 

Lançamento exclusivo CineSESC em parceria com a

Cinemateca da Embaixada da França – estreia 30/04

 

Dando continuidade à parceria com a Cinemateca da Embaixada da França, que visa difundir a cultura daquele país no Brasil, o CineSESC lança, com exclusividade, o primeiro filme a retratar um dos mais populares autores franceses. O Desafio de Jean de La Fontaine (Jean de La Fontaine - Le Défi) mergulha no mundo da literatura mostrando uma precisa reconstituição de época como pano de fundo para a história deste autor que tanto questionou o poder e a liberdade da arte.

 

Famoso por suas Fábulas inspiradas em Esopo, Jean de La Fontaine utilizava animais de forma figurativa em suas histórias, sempre intencionando mostrar como nós, seres humanos, podemos agir. Os seus animais falam, cometem erros, são sábios ou tolos, maus ou bons, exatamente como os homens. O autor reinventou a fábula, introduzindo-a definitivamente na literatura ocidental, por isso é considerado o pai da fábula moderna.  Suas fábulas satirizam e criticam a sociedade da sua época, mostrando a vaidade, a estupidez e a agressividade humanas, sempre contendo uma lição de moral.

 

O Desafio de Jean de La Fontaine (Jean de La Fontaine - Le Défi)

Estreia exclusivamente no CineSESC sexta-feira, 30 de abril.

 

Sinopse: Paris ecoa de mil ruídos nesta manhã de 5 de setembro do 1661: Fouquet, poderoso conselheiro do rei, foi preso por ordem de Colbert. O jovem Louis XIV torna-se único chefe. Enquanto outros artistas, negando seus mecenas, correm para servir o rei todo poderoso, um homem levanta a voz para apoiar o superintendente que foi demitido: é o poeta Jean de La Fontaine. Colbert jura então fazer calar o rebelde, único artista do reino que ousa colocar sua arte acima do rei. Mas La Fontaine, mesmo na miséria, não desdirá suas convicções. Sem dinheiro, ele resiste, brinca, observa, escreve as Fábulas, panfletos assassinos contra o regime despótico. Uma fábula moderna sobre a liberdade de expressão e os laços entre arte e poder.

 

Ficha técnica:

 

Título original: Jean de La Fontaine – Le Défi

Ano de produção: 2006

País de produção: França

Duração: 100min

Direção: Daniel Vigne ("O Retorno de Martin Guerre", "Uma Mulher ou Duas")

Roteiro: Jacques Forgeas

Fotografia: Flore Thulliez

Figurino: Florence Sadaune

Elenco: Lorànt Deutsch (Jean de La Fontaine), Philippe Torreton (Colbert), Nicky Naude (Bouquet), Sara Forestier (Perrette), Jean-Claude Dreyfus (M. de Chateauneuf), Élodie Navarre (La Duchesse de Bouillon).

Classificação etária: Livre

 

 

 



Veja todos os seus e-mails de diferentes contas com apenas um login. Veja como.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

 

BRASIL, PORTUGAL - LÁ E CÁ




A TV CULTURA presenteia seus telespectadores

com um novo programa:

 

BRASIL, PORTUGAL – LÁ E CÁ. A estréia está

programada para o dia 25 de abril, às 21horas;

numa parceria entre esta emissora brasileira e a

Rádio e Televisão de Portugal (RTP).

 

A apresentação ficará sob a responsabilidade

de dois profissionais experientes na área

da Comunicação:

 

PAULO MARKUN – jornalista brasileiro, que já

trabalhou em quase todas as emissoras

paulistanas, autor de oito documentários e

doze livros;

 

CARLOS FINO – conselheiro de Imprensa da

Embaixada de Portugal, em Brasília, e o primeiro

jornalista a transmitir imagens ao vivo, do começo

da guerra no Iraque, em 2003; para a RTP e para o

Brasil, simultaneamente, através da TV Cultura.

Também é autor do best seller A Guerra em Directo.

 

O objetivo do programa é revelar Portugal para o Brasil

e vice-versa; revelando fatos históricos, reportagens,

entrevistas, reflexões e outras informações curiosas e

interessantes.

 

A convidada de honra na estréia do programa será a artista

Letícia Barreto. Pintora e desenhista,ela atualmente reside

em Portugal, onde mora há dois anos.

Nesse país, ela faz pesquisas na Universidade de Évora,

para realizar um trabalho sobre a imagem da mulher brasileira

em Portugal.


NAIR LÚCIA DE BRITTO

Jornalista



Transforme-se em personagens engraçados e coloque no Messenger. Clique e veja como.

FW: Roda Viva - segunda-feira, 26 de abril de 2010 às 22h00 - transmisão simultânea pela Internet

Encaminhado por Nair Lúcia de Britto


* Edição GRAVADA. Não aceita perguntas.
Gerd Leonhard
Pensador alemão da era digital

A tecnologia está cada vez mais presente na vida de todos, algumas vezes evidente e em outras imperceptível. Já mudou e vai mudar ainda mais a maneira de se ler livros, jornais, revistas, ouvir músicas e ver vídeos.

Internet, computadores, celulares, livros-eletrônicos, TVs em 3D são tecnologias que estão cada vez mais interligadas nessa nova era digital.

O Roda Viva desta segunda-feira discute o futuro da comunicação e da mídia social com o pensador alemão Gerd Leonhard - escritor, músico, estudioso da era digital e reconhecido como um dos principais futuristas de mídia no mundo.
Ele analisa as tendências do mundo digital e aponta caminhos para a pesquisa tecnológica e para o desenvolvimento de novos produtos e conteúdos.

Participam como convidados entrevistadores:
Wilson Moherdaui, diretor editorial do Informática Hoje; Ethevaldo Siqueira, colunista do jornal O Estado de S. Paulo; Rodolfo Lucena, editor do caderno Informática do jornal Folha de S. Paulo e João Cavalcanti, vice-presidente de pesquisas e tendências da Box 1824.

Colaboradores:
Everton Alvarenga, desenvolvedor Web da TV1 Comunicação e Marketing (http://twitter.com/everton137); Lúcia Freitas, jornalista (http://twitter.com/lufreitas); Rafael Cabral, jornalista do caderno Link, do jornal O Estado de S. Paulo (http://twitter.com/rafael_cabral) e Duda Groisman, fotógrafo (http://www.flickr.com/photos/duda-groisman).



Apresentação: Heródoto Barbeiro

O Roda Viva é apresentado às segundas a partir das 22h00.
Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva


Cansado de entrar em todas as suas diferentes contas de email? Veja como juntar todas

quinta-feira, 22 de abril de 2010

CineSESC - Programação de 23 a 29 de abril de 2010

 
Encaminhado por Nair Lúcia de Britto

 

CineSESC

 

Rua Augusta, 2075 – Cerqueira César

São Paulo / SP

Fone: (11) 3087-0500

email@cinesesc.sescsp.org.br

 


Programação de 23 a 29 de abril de 2010

 

Festival SESC Melhores Filmes 2010

 

36ª edição do festival acontece até 29 de abril

 

O mais antigo festival de cinema da cidade de São Paulo, o Festival SESC Melhores Filmes 2010 chega com novidades em sua 36ª edição. Com 315 filmes concorrentes, sendo 85 títulos nacionais (incluindo 56 documentários e quatro coproduções), as melhores produções de 2009 foram votadas por críticos de todo o país e júri popular, e os vencedores serão exibidos entre 08 e 29 de abril. No total, o Festival exibirá 36 filmes, sendo 20 internacionais e 16 nacionais.

 

Acessibilidade: Um dos grandes destaques do 36º Festival SESC Melhores Filmes 2010 será a inclusão do recurso da Audiodescrição em todos os filmes exibidos, uma tecnologia que permite aos deficientes visuais compreender a narrativa através da 'tradução' de imagens em palavras pela descrição das mesmas em conjunto com as falas originais.  Além disso, os deficientes auditivos também poderão acompanhar todas as exibições do Festival através do sistema de legendagem Open Caption que descreve o áudio do filme.

 

Grade de programação

 

 

Dia 23

Dia 24

Dia 25

14H00

Deixa ela entrar

Valsa com Bashir

Abraços partidos

17H00

Jean Charles

Up - Altas Aventuras

A Era do Gelo 3

19H00

Hotel Atlântico

À Deriva

A Festa da Menina Morta

21H30

É Proibido Fumar

Lua nova

Amantes

 

 

Dia 26

Dia 27

Dia 28

Dia 29

14H00

Bastardos Inglórios

Amantes

Valsa com Bashir

Moscou

17H00

Polícia, Adjetivo

Zico na Rede

Simonal

Anticristo

19H00

A Erva do Rato

Besouro

No meu lugar

A Erva do Rato

21H30

Avatar

Entre os muros da escola

Gran Torino

À Deriva

 

 

INGRESSOS:

 

Ingresso individual: R$ 4,00 (inteira), R$ 2,00 (estudante, aposentado/idoso, professor da rede pública e usuário inscrito) e R$ 1,00 (trabalhador do comércio e serviços, matriculado).

 

Passaporte 15 filmes: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (estudante, aposentado/idoso, professor da rede pública e usuário inscrito) e R$ 10,00 (trabalhador do comércio e serviços, matriculado). OBS: A compra do passaporte dará direito a 15 (quinze) ingressos, sendo 01 (um) ingresso por sessão.

 

ENCONTROS FESTIVAL SESC MELHORES FILMES 2010

 

Da passagem do texto para a imagem, um filme pode seguir muitas linhas diferentes dentro da linguagem cinematográfica. As escolhas vão desde o formato em 35mm ou digital, atores profissionais ou não atores, linguagem clássica ou experimental, entre tantas outras. Estas opções podem surgir como uma necessidade narrativa, solução para dificuldades de filmagem, questões de produção e fundamentalmente como forma de espelhar a visão de um diretor do seu filme.

 

Como parte da programação do Festival SESC Melhores Filmes - 2010, convidaremos profissionais de áreas distintas para explicitar pontos de vistas diferentes do trabalho em um filme, cujo reflexo é visto nas obras que participam.

 

22/04 (quinta-feira) - KÁTIA COELHO

Primeira mulher a assumir a direção de fotografia de um longa metragem no Brasil, tem em seu curriculo filmes como Tônica Dominante (2000), Como fazer um filme de Amor (2004) e Via Láctea (2007), fala sobre o trabalho com digital, facilidades e limitações, custo e benefício, evolução dos equipamentos e qualidade de resultados.

 

27/04 (terça-feira) - LAIS BODANZKY

Diretora de Bicho de Sete Cabeças (2001) e Melhores Coisas do Mundo (2009), fala sobre seu trabalho com os atores, diferenças do trabalho com e sem o preparador de elenco e o trabalho com atores profissionais e não atores.

 

ENCONTROS FESTIVAL SESC MELHORES FILMES 2010

De 13 a 29 de abril. Hall do CineSESC – 19h30.

Grátis – Retirada de ingressos na bilheteria com uma hora de antecedência. 

 



Quer usar o Messenger sem precisar instalar nada? Veja como usar o Messenger Web.

ALTERAÇÃO ESPAÇO UNIBANCO DE CINEMA (AUGUSTA)

Encaminhado por Nair Lúcia de Britto
 
 
ATENÇÃO!
 
A Sessão Cinéfila, que estava programada para ser exibida na sala 2, passou para a sala 3:
 

CLUBE DO PROFESSOR

Gratuito para professores

 

A FRONTEIRA DA ALVORADA

EXIBIÇÃO DIGITAL

Direção: Philippe Garrel

Drama, 2008, 105 min, 14 anos

Distribuição: Consulado da França

Data: 24/04 às 12h

Sala 3

 

 

Sala 3          PECADO DA CARNE (Einaym Pkuhot/ Eyes wide Open)

EXIBIÇÃO DIGITAL

14h – 16h – 20h – 22h

Dia 23/04 (sexta-feira) não haverá a sessão das 14h

Direção: Haim Tabakman

Isreal/ Alemanha/ França 2009 – 90 min. 14 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Filmes do Mix

 

SESSÃO CINÉFILA: Dia 24/04 (sábado) às 12h

DOIS MOMENTOS PHILIPPE GARREL

A FRONTEIRA DA ALVORADA (La Frontiere de L'Aube)

EXIBIÇÃO DIGITAL

Direção: Philippe Garrel

França – 2008 – 105 min. – 14 anos

                        Gênero: Drama

Distribuição: Consulado da França

Sinopse: Carole é uma solitária estrela de cinema. Seu marido trabalha em Hollywood e a rejeita. Surge um fotógrafo, François, e os dois se tornam amantes. Eles começam a se encontrar sempre no hotel onde François realiza as suas sessões de fotos e se encontram no apartamento de Carole de vez em quando.

Elenco: Louis Garrel, Clementine Podatz e Laura Smet

 

 

PRÉ-ESTREIA: de 23 a 29/04 (sexta a quinta-feira) às 18h

TUDO PODE DAR CERTO (Whatever Works)

Direção: Woody Allen

EUA / França - 2009 – 90 min. - 12 anos

Gênero: Comédia

Distribuição: California Filmes

 


Cansado de entrar em todas as suas diferentes contas de email? Veja como juntar todas

ALTERAÇÃO - UNIBANCO ARTEPLEX

Encaminhado por Nair Lúcia de Britto


 
O filme MACHUCA será exibido no Clube do Professor do Unibanco Arteplex Frei Caneca:
 

MACHUCA

Direção: Andrés Wood

Drama, 2004 , 121 min, 10 anos

Distribuição: Filmes do Espaço

Data: 24/04 às 11h

Sala: 6

 


Veja todos os seus e-mails de diferentes contas com apenas um login. Veja como.

ALTERAÇÕES - UNIBANCO ARTEPLEX e ESPAÇO UNIBANCO POMPEIA


 Encaminhado por Nair Lúcia de Britto

ATENÇÃO!
 
UNIBANCO ARTEPLEX:
Há mudanças nos horários dos filmes da sala 5 do Unibanco Arteplex:
 

Sala 5          HANAMI - CEREJEIRAS EM FLOR (KiRSCHBLÜTEN – HANAMI)

EXIBIÇÃO DIGITAL

14h

Direção: Doris Dörrie

Alemanha - 2008 – 126 min. - 14 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Filmes da Mostra

 

 

TULPAN (Tulpan)

EXIBIÇÃO DIGITAL

16h30

Direção: Sergey Dvortsevoy

Alemanha/Suíça/Cazaquistão/Rússia/Polônia - 2008 – 103 min. 10 anos

Gênero: Comédia dramática

Distribuição: Filmes da Mostra

 

                        OS EUA X JOHN LENNON (The U.S. vs. John Lennon)

EXIBIÇÃO DIGITAL

19h

Direção: David Leaf, John Scheinfeld

EUA - 2006 – 99 min. - 14 anos

Gênero: Documentário

Distribuição: Filmes da Mostra

 

BRIDESHEAD – DESEJO E PODER (Brideshead Revisited)

EXIBIÇÃO DIGITAL

21h30

Direção: Julian Jarrold

Reino Unido - 2008 – 103 min. – 16 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Movie mobz

 
 
ESPAÇO UNIBANCO POMPEIA:
A última sessão de sábado do filme ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS será às 24h (e não mais às 00h15 como foi enviado anteriormente)
 

Sala 1          ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS 3D (Alice in Wonderland) - ESTREIA

Cópia Dublada: 13h – 15h15 – 17h30

Cópia Legendada: 19h45 – 22h

Dia 24/04 (sábado) cópia legendada também às 24h

Direção: Tim Burton

EUA - 2010 – 111 min. - 10 anos

Gênero: Aventura/ Fantasia

Distribuição: Columbia

Elenco: Johnny Depp, Mia Wasikowska, Helena Bonham Carter e Anne Hathaway

Sinopse: Ao seguir um coelho branco, uma garota chamada Alice cai em um buraco que a leva para o País das Maravilhas, um lugar povoado por seres mágicos e dominado pela Rainha de Copas.

 


Cansado de entrar em todas as suas diferentes contas de email? Veja como juntar todas

ALTERAÇÃO - ESPAÇO UNIBANCO MIRAMAR

ESPAÇO UNIBANCO MIRAMAR

Encaminhado por Nair Lúcia de Britto

ATENÇÃO!

 

Alteração nos horários do filme ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS na sala 1 (em azul)

 

ESPAÇO UNIBANCO MIRAMAR

Av. Marechal Floriano Peixoto, 44 - Gonzaga – Santos / SP

 

Programação de 23 a 29 de abril de 2010

 

 

CLUBE DO PROFESSOR

Gratuito para professores

 

CHICO XAVIER

Direção: Daniel Filho

Drama, 2010, 124 min, livre

Distribuição: Columbia

Data: 24/04 às 11h

Sala 3

 

SESSÃO POPULAR

Ingresso Promocional: R$ 5,00

 

AS MELHORES COISAS DO MUNDO

Direção: Laís Bodanzky

Drama, 2010, 107 min, 14 anos

Distribuição: Warner

Data: 23 a 29/04 às 14h

Sala 2

 

 

Sala 1                   ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS (Alice in Wonderland) - ESTREIA

                                               CÓPIA LEGENDADA: 14h30 – 16h50 – 19h10 – 21h30

Direção: Tim Burton

EUA - 2010 – 111 min. - 10 anos

Gênero: Aventura/ Fantasia

Distribuição: Columbia

Elenco: Johnny Depp, Mia Wasikowska, Helena Bonham Carter e Anne Hathaway

Sinopse: Ao seguir um coelho branco, uma garota chamada Alice cai em um buraco que a leva para o País das Maravilhas, um lugar povoado por seres mágicos e dominado pela Rainha de Copas.

 

 

Sala 2                   AS MELHORES COISAS DO MUNDO

14h – 19h

Direção: Laís Bodanzky

Brasil - 2010 – 107 min. - 14 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Warner Bros.

 

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS (El Secreto de Sus Ojos)

16h30 – 21h30

Direção: Juan José Campanella

Argentina/Espanha - 2009 –129 min. – 16 anos

Gênero: Drama

Distribuição: Europa Filmes

 

                       

 

Sala 3                   CHICO XAVIER

EXIBIÇÃO DIGITAL

13h30 – 15h50 – 19h25 – 21h45

Direção: Daniel Filho

Brasil 2010 – 124 min. livre

Gênero:  Drama

Distribuição: Columbia

                       

TRIBUNA DOCUMENTA

RITA CADILLAC – A LADY DO POVO

EXIBIÇÃO DIGITAL

18h

Direção: Toni Venturi

Brasil - 2007 – 77 min. - 18 anos

Gênero: Documentário

Distribuição: Espaço filmes

 



Cansado de entrar em todas as suas diferentes contas de email? Veja como juntar todas